Veja imagens do sexto dia de evento-teste da vela para os Jogos Olímpicos (Foto: Wander Roberto/inovafoto)

Baía de Guanabara fica ao lado do Aeroporto Santos Dumont (Foto: Wander Roberto/Inovafoto)

LANCE!
04/11/2015
15:55
São Paulo (SP)

Uma das polêmicas envolvendo os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, foi solucionada nesta quarta-feira. O governo federal confirmou que o Aeroporto Santos Dumont será fechado de 12h40 às 17h10 entre os dias 8 e 18 de agosto do próximo ano.

A decisão foi tomada em reunião do Comitê Gestor dos Jogos e impulsionada após a realização do evento-teste da vela, na Baía de Guanabara, em agosto desse ano, quando as rajadas de vento causadas pelo tráfego dos aviões atrapalharam diversos competidores da RS:X masculina, classe mais leve.

O aeroporto está localizado ao lado da Baía, que receberá a maioria das provas de vela. A rota de pouso e decolagem das aeronaves, inclusive, é feita logo acima do ponto das competições.

Com isso, os voos com destino a Santos Dumont serão redirecionados ao Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão. O local que, atualmente, passa por reformas de modernização, recebeu um investimento total de R$ 2 bilhões e, assim, poderá receber um fluxo adicional de 1,5 milhão de passageiros durante a Olimpíada.

O Galeão está com 75% das obras concluídas e, de acordo com a concessionária RioGaleão, que administra o aeroporto, o aumento no fluxo de aeronaves direcionadas ao Tom Jobim não será um problema. Estima-se que cerca de 104 voos com destino ao Santos Dumont seriam cancelados por dia, e mais de 150 mil passageiros poderiam ser afetados.