canindé vazio, portuguesa

Justiça determina suspensão de leilão do Canindé (Foto: Rodrigo Gazzanel/Futura Press)

RADAR/LANCE!
25/10/2016
16:38
São Paulo (SP)

Afundada em dívidas, a Portuguesa está prestes a perder seu único patrimônio: o Canindé. No entanto, o leilão marcado para acontecer no próximo mês, foi suspenso. 

- A Associação Portuguesa de Desportos, na figura do Presidente em Exercício, Dr. Leandro Teixeira Duarte, informa a suspensão do leilão cível do estádio Dr. Oswaldo Teixeira Duarte, marcado para o dia 7 de novembro. A suspensão foi conquistada pelo advogado Dr. Paulo Henrique Moreira Lima, que representou a Lusa na ação - manifestou o clube, em nota oficial. 

- A medida foi obtida no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, mediante efeito suspensivo concedido em agravo de instrumento manejado pela Rubro-Verde. A Diretoria Executiva também anuncia que não medirá esforços para que o Clube mantenha o seu patrimônio - concluiu o comunicado oficial. 

Segundo o clube, o leilão oriundo da esfera Cívil, que tinha como objetivo pagar uma dívida com um de seus conselheiros,  foi cancelado. Agora, para evitar perder o estádio, resta à Portuguesa suspender o o leilão oriundo da esfera trabalhista. Este, por sua vez, muito mais complicado, visto que os profissionais lesados com o não pagamento de salários não estão dispostos a negociar, bem como a advogada Gislaine Nunes, que conduziu várias ações contra a Portuguesa.