Cary Katz no PCA

Apesar dos US$ 12 milhões em prêmios na carreira, Katz ainda se considera um jogador recreativo (Divulgação)

Sérgio Prado
09/01/2018
23:55
Especial para o LANCE!

Quando a disputa do Evento #01 (US$ 100.000 Super High Roller) do PCA, disputado nas Bahamas,  começou no sábado, muitos notaram a ausência de Cary Katz nas mesas do torneio.
O empresário americano de 47 anos já havia feito sua inscrição, mas optou por entrar no torneio apenas no início do Dia 2, para assistir aos playoffs da NFL com tranquilidade. Entrando mais tarde na disputa, Katz sempre teve um stack reduzido. Mas mesmo assim acabou chegando entre os sete finalistas do torneio. Na mesa final, chegou a ficar com poucos blinds e poucos acreditavam em sua vitória, ainda mais tendo como adversários alguns dos melhores jogadores do mundo.

Mas o azarão Cary Katz virou e jogo, e depois de bater Justin Bonomo no curto heads-up acabou ficando com o prêmio de US$ 1.492.340,00, a terceira premiação de sete dígitos de sua carreira, onde acumula mais de US$ 12 milhões em premiação. Mesmo com números como esses, Katz não se considera um profissional.
"Ainda me vejo como um jogador recreativo", disse o CEO da Collerge Loan Corporation. "Sou um homem de negócios e pai de família".

Além de Bonomo, Katz superou nomes como Bryn Kenney (campeão do evento em 2017), o Team PokerStars Pro Daniel Negreanu, o argentino Ivan Luca, Isaac Haxton e Sam Greenwood, deixando sua conquista ainda mais especial.

PCA 2018 - Evento #01 (US$ 100.000 NLH Super High Roller)

Entradas: 48 (com 12 reentradas)
Premiação Total: US$ 4.737.600,00
Jogadores Premiados: 7

1. Cary Katz (EUA) - US$ 1.492.340
2. Justin Bonomo (EUA) - US$ 1.077.800
3. Bryn Kenney (EUA) - US$ 686.960
4. Daniel Negreanu (Canadá) - US$ 521.140
5. Ivan Luca (Argentina) - US$ 402.700
6. Ike Haxton (EUA) - US$ 307.940
7. Sam Greenwood (Canadá) - US$ 248.720