Felipe Mojave conseguiu resultados premiados em 12 países diferentes nesta temporada

Felipe Mojave conseguiu resultados premiados em 12 países diferentes nesta temporada (Divulgação)

LANCE!
19/11/2017
16:12
São Paulo

Não é de hoje que o brasileiro Felipe Mojave vive ótima fase nos torneios de pôquer. Sua consistência nos grandes torneios de poker tem sido marcante. Durante essa temporada de 2017, o membro do Team PokerStars Pro, equipe de profissionais do PokerStars, disputou os maiores eventos ao redor do planeta. E o mais impressionante é que conseguiu premiações em praticamente todas as séries que disputou.

Agora, o brasileiro acaba de conseguiu mais um excelente resultado. Dessa vez, ficou com a terceira colocação no WPT Deepstacks Bruxelas (€ 1.200 No Limit Hold'em), recebendo € 40.335,00 de premiação (cerca de R$ 156 mil). 

Melhor brasileiro no ranking "Player of the Year" do Global Poker Index, Felipe Mojave teve uma vida de "globetrotter" em 2017 e conquistou premiações em torneios em doze países diferentes (Bahamas, Inglaterra, Uruguai, Panamá, Brasil, Macau, Mônaco, Rússia, Estados Unidos, Espanha, República Checa e Bélgica). Realmente, uma marca especial e espetacular.

WPT Deepstacks Bruxelas - € 1.200 No Limit Hold'em

Entradas: 400
Premiação Total: € 497.841,00
Jogadores Premiados: 47

1. Laurent Polito (França) - € 90.000,00
2. Leonardo Armino (Holanda) - € 62.600,00
3. Felipe Mojave (Brasil) - € 40.335,00
4. Jerome Sgorrano (Bélgica) - € 29.375,00
5. Alain Bauer (França) - € 21.470,00
6. Jeffrey Jol (Holanda) - € 17.425,00
7. Sylvain Naets (Bélgica) - € 14.450,00
8. Frederic Leonetti (França) - € 11.450,00
9. Olivier Fehlmann (Suíça) - € 9.000,00