icons.title signature.placeholder Sérgio Prado
icons.title signature.placeholder Sérgio Prado
28/08/2015
14:44

Ontem foi um dia decisivo no Circuito Europeu de Pôquer, no EPT Barcelona. Com uma enxurrada de eliminações no início do dia, logo chegamos à bolha. E os três brasileiros, André Akkari, Rafael Watanabe e Luiz Duarte, conseguiram chegar entre os premiados.

Começando entre os líderes do torneio com o terceiro melhor stack ao começo do dia, André Akkari não decepcionou. Mantendo seu estilo e colocando pressão nos adversários, o jogador do Team PokerStars Pro passou com tranquilidade pela bolha. Depois, foi transferido para a mesa principal, jogando frente as câmeras por boa parte dos cinco níveis disputados. E acabou a noite com 982.000 em seu stack.

Estreante no Circuito Europeu de Pôquer, Rafael Watanabe estava tenso na hora da bolha. Acabou compensando o nervosismo com sua habilidade, e garantiu premiação em sua estreia. Com um jogo sólido, Rafael acabou subindo seu stack ao final do dia, e terminou com 510.000 fichas.

Luiz Duarte também estava jogando um evento principal do circuito europeu pela primeira vez. Com apenas 7 big blinds na hora da bolha, ele soube esperar a hora certa para dobrar seu stack, logo após entrar na faixa de premiação. Ele ainda dobrou duas vezes, mas acabou eliminado na 174ª colocação, recebendo € 10.350.

O líder em fichas acabou sendo Olekseii Khoroshenin, que acabou com 1.708.000 em seu stack. Para ver um resumo do dia, basta clicar no post com as Atualizações do Dia 3. No total, 110 jogadores avançaram.

Ontem foi um dia decisivo no Circuito Europeu de Pôquer, no EPT Barcelona. Com uma enxurrada de eliminações no início do dia, logo chegamos à bolha. E os três brasileiros, André Akkari, Rafael Watanabe e Luiz Duarte, conseguiram chegar entre os premiados.

Começando entre os líderes do torneio com o terceiro melhor stack ao começo do dia, André Akkari não decepcionou. Mantendo seu estilo e colocando pressão nos adversários, o jogador do Team PokerStars Pro passou com tranquilidade pela bolha. Depois, foi transferido para a mesa principal, jogando frente as câmeras por boa parte dos cinco níveis disputados. E acabou a noite com 982.000 em seu stack.

Estreante no Circuito Europeu de Pôquer, Rafael Watanabe estava tenso na hora da bolha. Acabou compensando o nervosismo com sua habilidade, e garantiu premiação em sua estreia. Com um jogo sólido, Rafael acabou subindo seu stack ao final do dia, e terminou com 510.000 fichas.

Luiz Duarte também estava jogando um evento principal do circuito europeu pela primeira vez. Com apenas 7 big blinds na hora da bolha, ele soube esperar a hora certa para dobrar seu stack, logo após entrar na faixa de premiação. Ele ainda dobrou duas vezes, mas acabou eliminado na 174ª colocação, recebendo € 10.350.

O líder em fichas acabou sendo Olekseii Khoroshenin, que acabou com 1.708.000 em seu stack. Para ver um resumo do dia, basta clicar no post com as Atualizações do Dia 3. No total, 110 jogadores avançaram.