STJD PONTE

Ponte Preta

RADAR
13/12/2017
16:10
Campinas (SP)

O recurso da Ponte Preta para a redução da pena imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) será julgado nesta quinta-feira. Cabe ressaltar que a pena tem relação com os incidentes na partida contra o Vitória, no dia 26 de novembro, no estádio Moisés Lucarelli.

No dia 4 de dezembro, o STJD puniu a Macaca com uma multa de R$ 30 mil e cinco jogos com portões fechados. O zagueiro Rodrigo levou seis partidas de gancho, punição máxima por ter agredido o atacante Santiago Tréllez com duas "dedadas".

Diante dessa decisão, a Ponte Preta pediu redução tanto da quantidade de jogos quanto do valor da multa. A procuradoria, por sua vez, recorreu a sentença e pediu o aumento da pena por entender que os fatos ocorridos são de extrema gravidade.

O departamento jurídico da Macaca também entrou com recurso em defesa de Rodrigo, para tentar diminuir a punição de seis jogos do jogador. Apesar do alvinegro não ter interesse na permanência do atleta para a temporada do ano que vem, o zagueiro ainda tem contrato vigente com o clube.

- Entramos com recurso para redução de pena e voltaremos a usar de argumento a comparação com sentenças anteriores em casos parecidos e lembraremos que no primeiro julgamento um auditor divergiu do relator do processo, sugerindo penalização de três jogos com portões fechados - comentou Giuliano Guerreiro, diretor jurídico da Ponte Preta.

O advogado João Felipe Acioli estará no Rio de Janeiro para acompanhar o julgamento do recurso na quinta-feira.