Eduardo Baptista, técnico da Ponte Preta, em coletiva (Foto: PontePress/FábioLeoni)

Eduardo Baptista (Foto: PontePress/FábioLeoni)

RADAR/LANCE!
19/09/2016
17:35
Campinas(SP)

O técnico  da Ponte, Eduardo Baptista,  voltou de Chapecó com mais um ponto na bagagem, o décimo da Macaca fora de casa. Mas, acima de tudo, voltou satisfeito com o resultado. 

-Tivemos um primeiro tempo muito ruim. Para se ter um sabor bom do resultado você tem que entrar ligado os 90 minutos. Era um jogo extremamente difícil e fica um resultado justo. Fizemos um segundo tempo muito bom, para equilibrar com o primeiro que foi ruim. É ter atenção, porque todas as partidas são decisões e um outro início como esse faz com seja difícil de recuperar- destacou Baptista. 

 -Marcamos com o olho, não agredimos e isso não pode acontecer. Já no segundo tempo adiantamos a marcação, fizemos um jogo de mais pressão, criamos chances, empatamos o jogo e talvez, com um pouco mais de sorte, poderíamos ter saído com um resultado melhor. Mas pelo jogo todo foi justo- completou.