Thiago Ferri
17/01/2018
10:00
São Paulo (SP)

A principal dúvida sobre a escalação do Palmeiras para a partida desta quinta-feira, contra o Santo André, está no gol. Roger Machado fez um esboço dos jogadores de linha para a estreia no Paulista, mas ainda não foi anunciado o vencedor da disputa entre Weverton, Jailson e Fernando Prass.
 
A princípio, o ex-goleiro do Atlético-PR está na frente, tanto que começou o jogo-treino contra o Atibaia, sexta passada. A diretoria fez um esforço para trazê-lo em janeiro, não em maio, quando seu contrato com o Furacão acabava. Por isso, aceitou pagar R$ 2 milhões parcelados pela liberação antecipada.

Jailson, de 36 anos, e Fernando Prass, 39, são identificados com a torcida e tiveram participações importantes nos títulos da Copa do Brasil e Brasileirão. Prass chegou a perder a vaga de titular em 2017 quando estava em má fase, mas terminou bem a temporada; Jailson assumiu o posto, mas logo teve de parar por conta de uma rara lesão sofrida no quadril.

Os dois estão totalmente aptos fisicamente para jogar, mas o histórico de lesões deles fez com que o Verdão quisesse ter Weverton desde a pré-temporada e não correr o risco de já usar Daniel Fuzato, recém-promovido do sub-20, em caso de emergência.

Nessa terça, Roger bateu um papo com os goleiros durante o treino no Allianz Parque. Antes da atividade desta tarde, o treinador concederá sua primeira entrevista desde a apresentação e deve revelar qual o escolhido para começar a temporada.

De acordo com o treino de segunda, o restante da escalação nesta quinta-feira deve ter: Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Victor Luis; Felipe Melo e Tchê Tchê; Dudu, Lucas Lima e Willian; Borja. O jogo está marcado para as 19h30 (de Brasília), no Allianz Parque.