Palmeiras x São Bento

Robinho recebeu os cumprimentos de Vitor Hugo após o gol que deu o empate ao Palmeiras (foto:Miguel Schincariol)

LANCE!
04/02/2016
23:43
São Paulo (SP)

Aos 45 minutos da segunda etapa o Palmeiras perdia para o São Bento por 2 a 1, até que Vitor Hugo salvou o time de uma derrota... Essa seria a história completa, se não esbarrássemos na sinceridade do personagem. Segundo o zagueiro palmeirense, a glória do tento salvador não foi dele.

- Não foi gol meu, não. Foi contra, acho que a bola bateu na barriga (do jogador do São Bento) - confessou.

Mesmo sabendo que não foi ele quem deu o golpe final para colocar a bola na rede, o camisa 4 palmeirense fez questão de correr para comemorar, não exatamente o gol, mas sim o auxílio de seu companheiro e espera o crivo do árbitro quanto ao autor do tento.

- Corri para abraçar o Robinho porque a bola foi bem batida. Se o juiz der (o gol) para mim, vou ficar feliz - finalizou.

Na súmula da partida divulgada na madrugada desta sexta-feira, o árbitro Flávio Rodrigues de Souza registrou o gol como sendo contra, marcado pelo zagueiro João Paulo, do São Bento.

O Palmeiras volta a treinar na manhã desta sexta-feira, mas só entrará em campo novamente na quarta-feira de cinzas, quando enfrenta o Oeste em São José do Rio Preto, às 21h45.