Jean Fluminense

Jean jogou 30 dos 33 jogos do Brasileirão deste ano (FOTO: Paulo Sérgio/LANCE!Press0

LANCE!
04/11/2015
08:00
São Paulo (SP)

Fernando Bob, Jean e Diego Souza têm três coisas em comum: jogam no meio de campo, estão chamando a atenção pela regularidade no Campeonato Brasileiro são sendo analisados pelo Palmeiras para 2016. Recorrer a atletas que se destacam e dificilmente ficam fora das partidas pode ser a solução para um setor que vem causando muita dor de cabeça no Verdão.

Das 33 rodadas do Brasileirão, os volantes Fernando Bob (27 anos, da Ponte Preta) e Jean (29 anos, do Fluminense) participaram de 30. Cada um deu uma assistência e marcou três gols e, curiosamente, o Verdão foi vítima de ambos: Bob garantiu a vitória da Ponte por 1 a 0 no segundo turno com um gol de pênalti, enquanto Jean marcou pelo Flu nas derrotas por 2 a 1, na ida, e 4 a 1, na volta.

Os potenciais titulares da posição são Gabriel e Arouca, contratados no início da temporada. A dupla se destacou na campanha do vice-campeonato paulista e na arrancada que fez a equipe brigar pelas primeiras posições do Brasileirão logo que Marcelo Oliveira chegou. Mas Gabriel rompeu o ligamento cruzado do joelho esquerdo e Arouca se recupera da terceira lesão muscular de 2015, fatos que fizeram a comissão técnica apelar a Amaral e Andrei Girotto, que também chegaram no início do ano. A dupla alternativa, porém, não funcionou.

O clube foi buscar Thiago Santos no América-MG e promoveu Matheus Sales do sub-20. Thiago, que não pode jogar a Copa do Brasil por já ter defendido o América-MG, tem sido titular no Brasileirão. Na competição de mata-mata, Amaral é quem tem jogado com Matheus Sales.

No setor de criação, especialidade de Diego Souza, também há carência. O clube preferiu não renovar o contrato de Valdivia e apostou em Cleiton Xavier, mas ele não conseguiu engrenar e já está há mais de dois meses fora por lesão. Fellype Gabriel, contratado em maio, também sofre com problemas físicos e nem estreou ainda. Neste momento, se recupera de um problema nas costas.

Diego Souza, 30 anos, jogou 29 rodadas do Brasileirão. Ele marcou oito gols e deu oito assistências, o que o credencia como principal destaque do Sport na competição nacional.