Jean

Jean durante treino do Fluminense (Foto: Paulo Sérgio/Lancepress)

São Paulo (SP)
03/11/2015
17:01
Fellipe Lucena

O Palmeiras já começou a executar o planejamento para 2016. O clube abriu conversas sobre alguns jogadores, incluindo Jean (volante do Fluminense), Fernando Bob (volante da Ponte Preta) e Diego Souza (meia do Sport). Os três têm o futuro incerto e também estão na mira de outras equipes.

Jean, 29 anos, estava na lista de desejos do Verdão no início da temporada, mas preferiu ficar no Fluminense. Agora, a tendência é outra: embora tenha contrato até dezembro de 2017 e multa rescisória de 2 milhões de dólares (R$ 7,5 milhões), ele deve sair para aliviar o caixa do Tricolor (recebe R$ 400 mil mensais). Além disso, tem direitos de imagem atrasados por parte da Unimed, antiga patrocinadora do clube. Al Jazira, clube de Abel Braga nos Emirados Árabes, Cruzeiro e Internacional são outros que já se movimentam para contratá-lo.

Fernando Bob, 27 anos, tem contrato de empréstimo com a Ponte Preta até dezembro. Ele pertence ao Hortolândia-SP e também já foi procurado por outros clubes, inclusive de fora do Brasil. A exemplo de Jean, chegaria para uma posição que causou dores de cabeça no segundo semestre de 2015, devido às lesões de Gabriel e Arouca.

Diego Souza tem 30 anos e é antigo conhecido da torcida palmeirense, já que atuou no clube entre 2008 e 2010. Ele tem contrato com o Metalist (UCR) até junho de 2017 e está emprestado ao Sport até dezembro. Ele negociou o retorno ao Verdão em agosto do ano passado, antes de ir para o Leão, mas as conversas travaram nos salários. Hoje em situação bem mais confortável do que naquele momento, o Palmeiras tem condições de oferecer valores mais robustos, mas seria necessário convencer também os ucranianos.

Os três nomes fazem parte de uma lista extensa de opções para a próxima temporada. A ideia, porém, não é repetir o que foi feito em 2015, quando 25 reforços foram contratados para a reformulação do elenco. O diretor de futebol, Alexandre Mattos, já declarou que pensa apenas em trazer peças pontuais para fortalecer o grupo finalista da Copa do Brasil.