Thiago Martins

Thiago Martins durante treino do Palmeiras em Itu (SP) (Foto: Cesar Greco/Fotoarena)

Thiago Ferri
11/01/2016
08:05
São Paulo (SP)

Dos mais de 30 jogadores que voltaram de empréstimo no fim do ano, a comissão técnica do Palmeiras considerou que apenas dois jogadores deveriam ser mantidos no elenco: Thiago Martins e Victor Luis. A dupla volta após disputar a Série B por Paysandu e Ceará, respectivamente, e para o zagueiro o tempo longe foi bom para fazê-lo amadurecer. Aos 20 anos, o beque volta para provar que não é mais apenas aquela aposta de quando chegou, em 2013, do Mogi Mirim.

– Eu amadureci bastante quando fui para lá (no Paysandu). Não só profissionalmente, mas como pessoa. Abri a cabeça para aprender cada vez mais, sempre escutando aos outros – explicou, ao LANCE!.

No Papão, Thiago Martins chamou a atenção e fez parte de uma das cinco melhores defesas da Série B. Jogar no Norte do País foi a chance para que o jogador também retomasse a confiança, já que passou quase todo 2014 recuperando-se de uma lesão séria no joelho.

– Eu precisava voltar a jogar, a sentir a adrenalina, porque no treino a gente se esforça, mas é bem diferente o ritmo. Eu precisava voltar aos trilhos – afirmou o jogador.

Apesar da experiência proveitosa, Thiago Martins agora espera não sair mais do Verdão. Um dos seis zagueiros à disposição de Marcelo Oliveira, o jogador está, inclusive, procurando apartamento para morar na capital paulista. Seu sonho no Verdão? Estar no grupo que disputará a Libertadores.

– Isto é o que todo jogador quer. Eu espero estar no bolo, presente. Fico feliz pelo reconhecimento que tive (nesta volta ao Palmeiras) e agora espero corresponder ao máximo para fazer valer todo este apoio que recebi – completou.

CONFIRA UM BATE-BOLA COM THIAGO MARTINS, AO LANCE!

‘Quando eu saí, o clima estava mais tenso. Agora, está mais tranquilo’

O que espera deste 2016?
Espero um ano de muito aprendizado, melhorias, para pegar tudo o que joguei em 2014 e tentar melhorar ainda mais. Quando surgir a chance, vou tentar agarrar e não sair mais.

O Mattos disse que vocês precisavam ser emprestados para levar ‘pancadinhas’ da vida. Ajudou?
Estas pancadinhas foram muito boas. No Paysandu foi onde eu comecei a me destacar, eles abriram as portas, eu estava meio desconfiado, mas tudo se ajeitou e mostrei o meu melhor.

Sua lesão em 2014 foi bem séria. Ficou inseguro na volta?
Com certeza, houve um imprevisto na recuperação, mas trabalhei muito para voltar 100%. Após esta lesão eu comecei a cuidar ainda mais do meu fortalecimento físico.

Quão diferente está o ambiente entre 2014 e agora em 2016?
Quando eu saí estava um clima mais tenso, tinha de ter resultados. Agora, pelo que vi, está mais descontraído, mais tranquilo, mas sempre com foco no dia a dia dos treinamentos.

Thiago Martins
Zagueiro marca Gabriel Jesus em Itu (Foto: Cesar Greco)

OUTROS ZAGUEIROS DO ELENCO

Vitor Hugo: Melhor zagueiro do time em 2015, será titular em 2016. Tem contrato longo: até 2020.

Edu Dracena: Contratado para ser o zagueiro experiente que jogará com Vitor Hugo. Assinou até 2017.

Roger Carvalho: Após uma boa Série B, o zagueiro deixou o Botafogo para pegar a vaga de Victor Ramos, que não teve o contrato renovado, no banco.

Leandro Almeida: Terminou 2015 em baixa com a torcida e será outra opção no banco de reservas do Verdão.

Nathan: O garoto ainda não tem presença garantida no elenco. Ele pode ser emprestado.