Thiago Martins - Palmeiras (FOTO: Cesar Greco/Palmeiras)

Thiago Martins deu conta do recado contra o Rosario Central (FOTO: Cesar Greco/Palmeiras)

LANCE!
04/03/2016
15:35
São Paulo (SP)

A presença de Thiago Martins entre os titulares foi a maior novidade do Palmeiras na vitória por 2 a 0 sobre o Rosario Central (ARG), nesta quinta-feira, pela Libertadores. Ironicamente, foi uma lesão no joelho de Roger Carvalho que abriu espaço para o jovem de 20 anos fazer o jogo mais importante de sua carreira, consolidando sua volta por cima justamente após uma lesão no... Joelho.

- A gente fez os amistosos lá no Uruguai, mas em Libertadores foi minha primeira vez. Estava meio previsto, mas o Marcelo não tinha decidido ainda. Na quarta nós treinamos, o Roger estava sentindo, mas ia tentar jogar. Na preleção, o Marcelo falou: "Thiago, você vai jogar". Nessa hora vêm mil coisas na cabeça, você fica feliz para caramba. Mas a ansiedade e o nervosismo vêm junto. Graças a Deus deu tudo certo - disse Thiago Martins, nesta sexta.

Ele rompeu o ligamento cruzado do joelho direito em janeiro de 2014, em uma partida do Palmeiras pela Copa São Paulo Júnior. Passou seis meses em recuperação, mas lesionou o mesmo joelho antes mesmo de ser liberado para jogar. Ao todo, passou um ano sem jogar futebol.

- No dia em que fiquei sabendo da segunda lesão, peguei o telefone e fui ligar para meu pai, para minha namorada. Foi um aprendizado muito grande, fui tirando forças de onde não tinha. Eu sabia que eu tinha que voltar a jogar, mas não foi fácil. Meus empresários me ajudaram, minha família, minha namorada. Todos deixaram tudo e vieram para São Paulo para me ajudar. Eu morava sozinho, não podia dirigir. O Palmeiras me deu um respaldo muito grande, o departamento médico foi sensacional. Fico feliz porque, quando soube que poderia jogar, liguei para eles para contar, em um momento igual àquele em que estava chorando - contou.

Liberado para jogar no início de 2015, Thiago Martins disputou um amistoso pelo Palmeiras e logo foi emprestado ao Paysandu. De volta nesta temporada, começou o ano atrás de Vitor Hugo, Edu Dracena, Leandro Almeida e Roger Carvalho na preferência do treinador, mas foi titular no jogo mais importante do ano até aqui.

A lesão de Roger Carvalho não é grave, tanto que Marcelo Oliveira disse que pretende contar com ele no jogo deste domingo, contra o Capivariano, pelo Paulistão, no Allianz Parque. A tendência, porém, é de que Thiago seja titular mais uma vez, a terceira no ano.