Palmeiras - Marcelo Oliveira

Marcelo Oliveira não deixa de pensar na chance de G4 no Brasileiro (Foto: de Ari Ferreira/Lancepress!)

Thiago Ferri
07/11/2015
07:55
São Paulo (SP)

A sete jogos do fim da temporada, Marcelo Oliveira vive uma encruzilhada no Palmeiras. Às vésperas de decisões do Brasileiro e da Copa do Brasil, o técnico tem ‘dois times titulares’, e para manter-se vivo na disputa pelo G4 (ou G5) no Nacional, voltará a usar força máxima no jogo de amanhã, contra o Vasco, no Allianz Parque.

Isto significa que Thiago Santos será escalado mais uma vez dando proteção à defesa. Na Copa do Brasil, o camisa 35 não pode jogar e dará sua vaga a Amaral, agora reserva. Matheus Sales, outro que pode ser usado no jogo da Vila Belmiro, será reserva diante do Cruz-Maltino, já que Marcelo Oliveira quer montar um time mais ofensivo em casa, com Zé Roberto no meio.

– É muito claro, alguém pode ter desistido da vaga no Brasileiro. Eu, não. Os melhores vão para os jogos no Brasileiro, estando na Copa do Brasil, ou não. No percurso, posso testar o Amaral ou Matheus Sales, mas agora não dá para testar o time que enfrenta o Santos – explicou.

O treinador sabe que uma derrota no jogo de amanhã pode sepultar as chances do Verdão no Brasileiro. É por isso que ele nem pensa em dar rodagem ao time que jogará a decisão tão cedo e se recusa a dar preferência a um dos dois torneios, como chegou a fazer em duas rodadas.

– É um sonho e objetivo do Palmeiras estar disputando as duas competições podendo atingir algo importante. Vamos jogar três jogos em casa, então temos de fazer bem feito o papel de mandante, para nos manter na briga – completou.

"Alguém pode ter desistido da vaga no Brasileiro. Eu, não. Os melhores vão para os jogos no Brasileiro, estando na Copa do Brasil, ou não", 
disse Marcelo Oliveira

TIME PARA DOMINGO: Fernando Prass; João Pedro, Jackson, Vitor Hugo e Egídio; Thiago Santos, Robinho e Zé Roberto; Gabriel Jesus, Rafael Marques e Barrios. Nesta formação, Marcelo Oliveira pretende ter um time mais ofensivo com Robinho e Zé Roberto no meio, usando também do apoio de Egídio. Dudu, suspenso, está fora, e Lucas, com dores musculares, é dúvida.

TIME PARA A PRIMEIRA DECISÃO: Fernando Prass; Lucas, Jackson, Vitor Hugo e Zé Roberto; Amaral e Arouca (Matheus Sales); Gabriel Jesus, Robinho e Dudu; Barrios. Thiago Santos, por já ter atuado na Copa do Brasil pelo América-MG, está fora - Amaral, reserva no Brasileiro, é o substituto imediato. Arouca é esperado para o confronto, mas independente disto, a tendência é de que o Verdão jogue com dois volantes na Vila. Egídio, por não ser um exímio marcador, pode ser banco de Zé Roberto no confronto.

Treino Do Palmeiras
Lucas Barrios será titular (Foto: de Ari Ferreira/Lancepress!)

Confira um bate-bola com o técnico Marcelo Oliveira:

Qual sua avaliação dos jogos de Matheus Sales como titular?
O Matheus Sales entrou bem, jogou, mas a gente tende a usar um time mais técnico em casa, e que marca mais fora, com jogadores como ele. Vamos ter agora o Zé e o Robinho para sair jogando, e isto será importante para pressionar o Vasco.

Robinho disse o Palmeiras chegará ao G4 do Brasileiro com quatro vitórias nos últimos cinco jogos. Concorda?
Os resultados têm oscilado no Brasileiro. Todos os jogos são difíceis. Nem fiz contas, temos de fazer a próxima partida de forma decisiva. Temos de fazer a pontuação em casa, e quem sabe a gente possa buscar a vaga na Libertadores pelo Brasileiro.

O que espera para o jogo contra o Vasco?
No último jogo o Santos jogou muito bem, mas além do gol, tivemos três chances claras, e a produção não foi constante. O que espero é um time mais regular depois dos treinos que tivemos, de mais finalizações, mais posse de bola, de um time equilibrado. Será uma partida aberta.