Kauê joga pelo Palmeiras na Copinha

Kaue já foi relacionado para uma partida do profissional (FOTO: Divulgação/Ag.Palmeiras)

LANCE!
18/01/2016
16:53
São Paulo (SP)

O zagueiro Augusto, capitão do Palmeiras na Copa São Paulo Júnior, e o atacante Kaue, artilheiro da equipe na mesma competição, estão no radar do técnico Marcelo Oliveira e podem ser promovidos ao elenco profissional.

- É possível que a gente traga o Kaue e o Augusto para fazerem parte deste elenco. São os dois que estão mais preparados, na minha opinião. Mas como eles têm idade de juniores, podem ser aproveitados nos jogos da base também - disse o técnico alviverde, em sua primeira entrevista coletiva no ano.

Augusto completará 19 anos em abril deste ano. Ele é considerado um líder nas categorias de base, tanto que usa a braçadeira de capitão, além de um dos destaques da categoria, tanto que chegou a ser relacionado por Marcelo Oliveira para jogos menos importantes na reta final de 2015. Apesar disso, ele acabou terminando a Copinha como vilão ao perder o último pênalti na disputa contra o América-MG, que eliminou o Palmeiras nas oitavas de final.

Kaue completou 19 anos neste mês e marcou três gols na competição para os juniores, o mesmo número do volante Daniel. Fã de Dudu, ele usou a camisa 7 e se destacou pela velocidade e pelos dribles pelos lados do campo. Na reta final do Brasileirão do ano passado, ele foi relacionado para uma partida contra o Internacional, no Beira-Rio.

- Eu gosto muito da base. Fui jogador e técnico na base. Num período de cinco meses e meio no Palmeiras, colocamos o Gabriel Jesus de titular, ele virou realidade, um ídolo. Ninguém conhecia o Matheus Sales. É um equívoco pensar que ele estava aqui e não era utilizado. Ele estava nos juniores e eu o chamei porque ele se destacou em um treinamento com a gente. Da mesma forma o Taylor - disse Marcelo Oliveira.

- Nos jogos que fizemos com o time B, jogadores da base participaram do banco, alguns foram utilizados. O Jobson entrou, o Juninho da mesma forma. Não tenho problema com status do jogador, de onde veio. Aqueles que estão aqui vão permanecer e lutar para serem utilizados.