icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
21/08/2015
12:31

O técnico Marcelo Oliveira está quebrando a cabeça para decidir como vai substituir Arouca no duelo contra o Atlético-MG, às 18h30 de domingo, no Independência, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. O volante lesionou a coxa esquerda na quarta-feira, no jogo de ida contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil, e está fazendo tratamento para tentar voltar no segundo duelo contra a Raposa, na quarta-feira que vem. Nesta sexta-feira, todos os jogadores ficaram na sala de musculação da Academia de Futebol, deixando a definição da equipe para o treino fechado deste sábado pela manhã.

O treinador já confirmou que o zagueiro Victor Ramos e o meia Robinho, que já não estiveram à disposição contra a Raposa, seguirão em tratamento no departamento médico. Em contrapartida, o zagueiro Leandro Almeida e o atacante Alecsandro, que não podem atuar na Copa do Brasil por já terem defendido outras equipes, serão relacionados. Na zaga, Jackson e Vitor Hugo devem continuar formando dupla. No ataque, Alecsandro provavelmente tomará a vaga de Lucas Barrios.

- Algumas situações são claras: o Alecsandro pode jogar o Brasileiro e não a Copa do Brasil. Uma opção seria usar um (Alecsandro, no Brasileiro) e outro (Barrios, na Copa do Brasil) sem desgastar nenhum dos dois - disse o comandante alviverde, deixando as dúvidas todas para o setor de meio de campo.

- O substituto do Arouca pode ser um jogador mais de contenção, porque vamos jogar contra o Atlético, que impõe ritmo forte no início. Ou posso optar por um jogador de mais criação e sacrificar um pouco o Cleiton Xavier e o Zé Roberto. Uma opção é colocar Amaral e Girotto, com jogadores mais ofensivos à frente. Ou joga só um desses com o Zé e com o Cleiton, ou utilizamos o Rafael e tiramos ou o Cleiton ou Zé - acrescentou Marcelo Oliveira.

O mais provável é que o treinador escale dois volantes com poder de marcação (Amaral e Andrei Girotto). Sendo assim, uma opção seria manter o 4-2-3-1, com Cleiton Xavier ou Zé Roberto como meia centralizado, Rafael Marques e Dudu pelos lados e Alecsandro como centroavante. A outra alternativa citada por Marcelo é tirar Rafael Marques, que começou no banco contra o Cruzeiro por desgaste muscular, e formar um 4-4-2 mais convencional com Zé Roberto na armação ao lado de Cleiton Xavier.

A terceira opção de escalação, mais ousada e menos provável, seria escalar apenas um volante de contenção (Andrei Girotto ou Amaral), com Cleiton Xavier e Zé Roberto mais dedicados à marcação, e o trio ofensivo formado por Rafael Marques, Dudu e Alecsandro.

AS TRÊS OPÇÕES DE MARCELO OLIVEIRA:

4-4-2: Fernando Prass, Lucas, Jackson, Vitor Hugo e Egídio; Andrei Girotto, Amaral, Zé Roberto e Cleiton Xavier; Dudu e Alecsandro.

4-2-3-1 mais defensivo: Fernando Prass, Lucas, Jackson, Vitor Hugo e Egidio; Andrei Girotto e Amaral; Rafael Marques, Cleiton Xavier (Zé Roberto) e Dudu; Alecsandro.

4-2-3-1 mais ofensivo: Fernando Prass, Lucas, Jackson, Vitor Hugo e Egídio; Andrei Girotto (Amaral) e Zé Roberto; Rafael Marques, Cleiton Xavier e Dudu; Alecsandro.

O técnico Marcelo Oliveira está quebrando a cabeça para decidir como vai substituir Arouca no duelo contra o Atlético-MG, às 18h30 de domingo, no Independência, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. O volante lesionou a coxa esquerda na quarta-feira, no jogo de ida contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil, e está fazendo tratamento para tentar voltar no segundo duelo contra a Raposa, na quarta-feira que vem. Nesta sexta-feira, todos os jogadores ficaram na sala de musculação da Academia de Futebol, deixando a definição da equipe para o treino fechado deste sábado pela manhã.

O treinador já confirmou que o zagueiro Victor Ramos e o meia Robinho, que já não estiveram à disposição contra a Raposa, seguirão em tratamento no departamento médico. Em contrapartida, o zagueiro Leandro Almeida e o atacante Alecsandro, que não podem atuar na Copa do Brasil por já terem defendido outras equipes, serão relacionados. Na zaga, Jackson e Vitor Hugo devem continuar formando dupla. No ataque, Alecsandro provavelmente tomará a vaga de Lucas Barrios.

- Algumas situações são claras: o Alecsandro pode jogar o Brasileiro e não a Copa do Brasil. Uma opção seria usar um (Alecsandro, no Brasileiro) e outro (Barrios, na Copa do Brasil) sem desgastar nenhum dos dois - disse o comandante alviverde, deixando as dúvidas todas para o setor de meio de campo.

- O substituto do Arouca pode ser um jogador mais de contenção, porque vamos jogar contra o Atlético, que impõe ritmo forte no início. Ou posso optar por um jogador de mais criação e sacrificar um pouco o Cleiton Xavier e o Zé Roberto. Uma opção é colocar Amaral e Girotto, com jogadores mais ofensivos à frente. Ou joga só um desses com o Zé e com o Cleiton, ou utilizamos o Rafael e tiramos ou o Cleiton ou Zé - acrescentou Marcelo Oliveira.

O mais provável é que o treinador escale dois volantes com poder de marcação (Amaral e Andrei Girotto). Sendo assim, uma opção seria manter o 4-2-3-1, com Cleiton Xavier ou Zé Roberto como meia centralizado, Rafael Marques e Dudu pelos lados e Alecsandro como centroavante. A outra alternativa citada por Marcelo é tirar Rafael Marques, que começou no banco contra o Cruzeiro por desgaste muscular, e formar um 4-4-2 mais convencional com Zé Roberto na armação ao lado de Cleiton Xavier.

A terceira opção de escalação, mais ousada e menos provável, seria escalar apenas um volante de contenção (Andrei Girotto ou Amaral), com Cleiton Xavier e Zé Roberto mais dedicados à marcação, e o trio ofensivo formado por Rafael Marques, Dudu e Alecsandro.

AS TRÊS OPÇÕES DE MARCELO OLIVEIRA:

4-4-2: Fernando Prass, Lucas, Jackson, Vitor Hugo e Egídio; Andrei Girotto, Amaral, Zé Roberto e Cleiton Xavier; Dudu e Alecsandro.

4-2-3-1 mais defensivo: Fernando Prass, Lucas, Jackson, Vitor Hugo e Egidio; Andrei Girotto e Amaral; Rafael Marques, Cleiton Xavier (Zé Roberto) e Dudu; Alecsandro.

4-2-3-1 mais ofensivo: Fernando Prass, Lucas, Jackson, Vitor Hugo e Egídio; Andrei Girotto (Amaral) e Zé Roberto; Rafael Marques, Cleiton Xavier e Dudu; Alecsandro.