Thiago Ferri
16/09/2016
07:00
Atibaia (SP)

Pela quinta vez em quase dois anos, o Palmeiras está em Atibaia (SP). Preparando-se para o clássico deste sábado, contra o Corinthians, o líder do Brasileiro aposta na tranquilidade do interior para voltar a vencer depois de dois empates. Nas outras viagens, o retiro teve resultados imediatos.

Com Cuca, foram duas idas para a cidade. A primeira após o péssimo início, em março. Em seus quatro primeiros jogos, o técnico sofreu quatro derrotas, incluindo o vexatório 4 a 1 para o Água Santa. Depois disso, levou o elenco para dois dias de treino em Atibaia, mesmo período que agora. A resposta veio no jogo seguinte: vitória sobre o Rio Claro, por 3 a 0, e depois o triunfo no Dérbi por 1 a 0.

O Palmeiras foi eliminado do Paulista e da Libertadores, mas sem perder e mostrando evolução. No intervalo até o início do Brasileiro, mais um período de treinos fora em Atibaia, e o Verdão iniciou bem o campeonato nacional: goleada sobre o Atlético-PR, por 4 a 0.

A intenção do técnico Cuca é recuperar o desgaste do elenco e dar moral para este fim de Brasileiro 

– Tem muito importância a vinda a Atibaia pela sequência desgastante. Querendo ou não, em casa você tem filho, família. Aqui você repousa, se alimenta bem, descansa, trata em tempo integral. Nesse momento vale todo o sacrifício, ficar um ponto longe da família. O objetivo é muito grande – explicou Moisés.

Marcelo Oliveira, antecessor de Cuca, também havia levado os jogadores para Atibaia em dois momentos. O primeiro, logo após sua estreia. Depois do trabalho no interior, o time iniciou a série de oito jogos invicto. Já em novembro, voltou para lá antes da fase final da Copa do Brasil. Esta viagem ficou marcada pelo vídeo depois divulgado por Cristaldo, em que os jogadores já falavam que levariam o título.

Desta vez, o elenco viajou logo após a partida contra o Flamengo, na quarta. Ontem, Cuca conversou com o elenco por meia-hora. A intenção do técnico é recuperar o desgaste do elenco e dar moral para este fim de Brasileiro. Se mantiver o script, o palmeirense pode esperar um Dérbi feliz depois da estadia em Atibaia.

AS ÚLTIMAS IDAS PARA ATIBAIA

Início com Marcelo
Marcelo Oliveira estreou cinco dias após sua chegada e perdeu para o Grêmio: 1 a 0. Com sete dias de treino, o técnico foi com o elenco para Atibaia e viveu seu melhor momento: foram sete vitórias e um empate no Brasileiro e na Copa do Brasil. O primeiro jogo da série também foi um clássico: 4 a 0 sobre o São Paulo, na arena.

Pelo título
Se escorregava no Brasileiro, o Verdão havia chegado à final da Copa do Brasil. Na última semana livre antes da decisão contra o Santos, mais um período em Atibaia – houve confraternização com as famílias no hotel. Após o título, Cristaldo mostrou um vídeo no retiro “anunciando” a conquista antes das finais.

Reação e preparação
Cuca perdeu seus quatro primeiros jogos e ficou dois dias em Atibaia (SP) para se preparar. Ali o Verdão começou a recuperação. Com as eliminações no Paulista e Libertadores, o técnico fez uma reformulação no elenco e voltou para a cidade antes do início do Brasileiro. Como resultado, o time é líder em 16 rodadas.