Thiago Martins - Palmeiras (FOTO: Cesar Greco/Palmeiras)

Thiago Martins teve poucas chances no Palmeiras (FOTO: Cesar Greco/Palmeiras)

Fellipe Lucena
31/12/2015
08:00
São Paulo (SP)

O Palmeiras tem quase um elenco inteiro de jogadores que estavam emprestados até 31 de dezembro e voltarão ao clube, mas poucos estão nos planos. Desta lista, apenas o zagueiro Thiago Martins, que retorna do Paysandu, e o lateral-esquerdo Victor Luis, que vinha jogando no Ceará, já sabem que serão aproveitados por Marcelo Oliveira. O atacante Luan voltou em 2015 do Sharjah (EAU), mas estava em recuperação de lesão no tendão da perna esquerda e só agora volta a ser considerado parte do elenco.

Luan, que em 2013 já havia sido repassado ao Cruzeiro, até renovou seu contrato com o Verdão: ia até junho de 2016 e agora vai até dezembro de 2017. Ele tem 27 anos e sua situação é diferente das de Thiago e Victor, jovens de 20 e 22 anos que são considerados promessas para o futuro e foram emprestados para ganhar experiência.

Além dos três já citados, 25 atletas do Verdão estavam espalhados por outros clubes em 2015. Seis nem voltarão, já que seus vínculos no Palestra Itália se encerram junto com o ano: os goleiros Bruno (estava no Santa Cruz) e Deola (Fortaleza), o lateral-direito Ayrton (Flamengo), os meias Chico (São Bento) e Edilson (Juventude) e o atacante Ramos (Rio Branco).

Outros sete já têm destino definido para 2016: o goleiro Raphael Alemão (estava na Caldense e vai para o Atlético Sorocaba), o lateral-direito Bruno Oliveira (estava no Penapolense e foi repassado ao Vila Nova), os volantes Renato (foi emprestado ao Joinville em 2015, operou o joelho e agora jogará na Ponte Preta), Luiz Gustavo (estava no Vitória e vai para a Ferroviária) e João Denoni (estava no Atlético-GO e foi para o Ituano), o lateral-esquerdo Matheus Muller (estava no Remo e foi para o São Bento) e o meia Bruno Dybal (segue no Figueirense até abril, quando termina seu vínculo com o Palmeiras).

Leandro - Palmeiras (Foto: Eduardo Viana/ LANCE!Press)
Leandro volta, mas não deve ficar (Foto: Eduardo Viana/ LANCE!Press)

O meia Mendieta, que jogou no Olímpia (PAR) em 2015, caminha para seguir mais um ano por lá. Os que ainda não sabem onde jogarão são o lateral-direito Weldinho (estava no Oeste), os zagueiros Gabriel Dias (Boa Esporte) e Wellington (Atlético-PR), o volante Bruninho (Santa Cruz), os meias Felipe Menezes (Goiás), Diego Souza (Portuguesa), Patrick Vieira (Náutico) e Tiago Real (Bahia), e os atacantes Maikon Leite (Sport), Leandro (Santos), Mazinho (Oeste) e Rodolfo (Oeste).