Thiago Ferri
16/08/2016
18:14
São Paulo (SP)

Um dos destaques da Chapecoense no Brasileiro, Hyoran despertou a atenção do Palmeiras. De acordo com Sandro Pallaoro, presidente do clube catarinense, o Verdão já fez uma proposta pelo meia - o time paulista nega.  Aos 23 anos, ele realizou 13 partidas pela equipe de Chapecó no campeonato e por isso seria um reforço para 2017.

 - Estamos conversando, eles (Palmeiras) ofereceram um valor, nós pedimos outro. Não está encerrada (a negociação), começamos a tratar agora, só achamos que a quantia foi abaixo do que ele vale - explicou Pallaoro, em contato com o LANCE!.

O L! apurou com pessoas ligadas à diretoria do Palmeiras que ainda não foi feita uma proposta, mas foram feitas sondagens pelo jogador que está sendo monitorado pelo clube. Ele é visto como uma possibilidade para o futuro na Academia de Futebol.

O vínculo de Hyoran com a Chapecoense vence em agosto de 2017. Ou seja, em janeiro ele pode acertar um pré-contrato com outra equipe e sair do clube de graça. De acordo com o dirigente da equipe de Santa Catarina, a multa rescisória do armador é de 6 milhões de euros (R$ 21,5 milhões). Este, porém, é o valor para times do exterior. Para equipes brasileiras, a Chape pede 4 milhões de euros (R$ 14 milhões). Pela quantia elevada, hoje há maior chance de uma negociação com a Europa.

Apesar do interesse de outros clubes no jogador, Pallaoro se apega à uma cláusula no contrato de que possui até o fim do mês para renovar por mais dois anos com Hyoran. Pessoas próximas ao jogador, porém, admitem que é grande a chance de negociação.

No Brasileiro, o meia fez dois gols e deu uma assistência. Ele participou do empate em 1 a 1 com o Verdão, há duas rodadas.