Belluzzo e Tirone

Belluzzo e Tirone estão na berlinda. O primeiro já foi suspenso (FOTOS: Arquivo L!)

Fellipe Lucena
24/05/2016
01:31
São Paulo (SP)

O Conselho Deliberativo do Palmeiras aprovou na noite desta segunda-feira a suspensão do ex-presidente Luiz Gonzaga Belluzzo de seu quadro de sócios pelo período de um ano. Ele comandou o clube entre 2009 e 2010, sendo que as contas deste segundo ano de mandato não foram aprovadas pelo órgão. Por isso, a punição. O ex-mandatário deve recorrer à Justiça para reverter a decisão.

O relatório elaborado pela Comissão de Sindicância também pedia as suspensões de Salvador Hugo Palaia, Gilberto Cipullo e Francisco Busico Júnior, que compuseram a diretoria durante a gestão Belluzzo. Embora o texto tenha sido aprovado por ampla maioria do Conselho, só o ex-presidente foi punido.  A votação pelas suspensões foi nominal e aberta.

Arnaldo Tirone, também ex-presidente, corre o risco de receber a mesma punição de Belluzzo. Sua suspensão deveria ter sido votada nesta segunda, mas o Conselho concedeu 15 dias úteis para ele apresentar sua defesa, contando a partir desta terça-feira. Tirone dirigiu o Verdão entre 2011 e 2012 e, neste segundo ano de mandato, não teve as contas aprovadas pelo órgão. Antônio Henrique Silva, ex-diretor, é citado no relatório e também pode ser punido.

- Tivemos toda liberdade e apoio para realizar os trabalhos. Embora o resultado final não tenha sido o ideal, já que propusemos punição a todos, acho que o trabalho rendeu seus frutos - disse José Antônio Apparecido Júnior, conselheiro que presidiu a Comissão de Sindicância montada pelo Conselho Deliberativo.