LANCE!
01/08/2016
18:00
São Paulo (SP)

Fernando Prass passou por exames nesta tarde e já tem data para operar o cotovelo direito fraturado: nesta quarta-feira. O goleiro do Palmeiras de 38 anos não deve mais jogar na temporada, mas apesar do abatimento já faz planos para o seu retorno, no Verdão e, quem sabe, na Seleção Brasileira.

- É um momento difícil que estou passando, mas que acontece na carreira de um jogador. Eu estava em um momento muito bom no Palmeiras, cheguei à Seleção quando muitos nem acreditavam mais, agora é focar na recuperação e, por que não, sonhar em voltar à Seleção aos 39, 40 anos - disse o camisa 1.

O goleiro foi examinado nesta segunda pelo médico Eduardo Benegas, especialista em cotovelo que o operou em 2014. Será ele também o responsável por esta nova cirurgia. Prass ficará internado a partir da manhã de terça para realizar o procedimento no dia seguinte.

O ídolo palmeirense vivia excelente fase e seria o titular da Seleção na Olimpíada, além de provavelmente o goleiro de Tite nas Eliminatórias da Copa do Mundo. Agora, ele terá um período longo de recuperação: em 2014, quando passou por dois procedimentos no cotovelo (o primeiro para colocar pinos e o segundo para retirá-los, por não se adaptar), Fernando ficou cinco meses longe dos gramados. Durante este novo período de molho, a torcida terá papel importante.

- O mais difícil eu consegui, chegar a uma Seleção pré-olímpica aos 38. Tenho que pensar em coisas boas, visualizar aquele 2 de dezembro de 2015, a final da Copa do Brasil, a homenagem que a torcida me fez com o mosaico, e fazer como em 2014, trabalhar muito neste período em que estiver afastado em que não puder usar o braço para me condicionar fisicamente. E 2015 é a prova disso, foi um dos meus melhores anos, e justamente depois da cirurgia e deste trabalho especial com o pessoal do Palmeiras - completou.

- Este tempo vai servir para eu voltar fisicamente voando, usar o tempo da melhor forma possível e pagar esta dívida do carinho que a torcida do Palmeiras está tendo comigo, quando eu falei de que vou voltar para casa, junto da família para tratar, recuperar forças e o carinho da torcida foi sensacional. Isto é o que me deixa muito animado para voltar o quanto antes e retribuir este carinho - encerrou.