Prass concedeu entrevista à CBF TV (Foto: reprodução)

Prass concedeu entrevista à CBF TV (Foto: reprodução)

LANCE!
18/07/2016
09:00
São Paulo (SP)

Aos 38 anos, o goleiro Fernando Prass será o mais experiente do grupo da Seleção Brasileira que disputará a Olimpíada. O jogador do Palmeiras admite que terá a pressão, mas diz que o time pode fazer história.

- É uma pressão entre aspas, porque é o unico título que o Brasil não tem, de um torneio que vai ser realizado em casa e do esporte mais popular do país. Mas a grande pressão traz junto uma grande oportunidade. A gente pode ser campeão e entrar para a história como o único time que conseguiu a medalha de ouro da Olimpíada, sendo que teve outros times excepcionais, com jogadores consagrados mundialmente, que não conseguiram isso - afirmou Prass, em entrevista à CBF TV.


Prass se apresenta à Seleção Brasileira nesta segunda-feira, quando terá a oportunidade de conhecer pessoalmente o técnico Rogério Micale. O goleiro quer aproveitar o período de treinamentos para "acelerar etapas".

- Eu nunca trabalhei com ele, a gente não se conhece, mas as referências são muito boas. Tem que aproveitar esse tempo para o grupo se conhecer e também para conhecer nosso comandante. Ele já tem uma história dentro da Seleção de base. Se foi designado para um campeonato tão importante, é porque tem muita qualidade - analisou.

O goleiro é conhecido pela capacidade de pegar pênaltis. Apesar de "torcer contra", ele acredita que a chance é grande de haver uma disputa assim na Olimpíada.

- O pessoal até brincou comigo, falando de pênalti aos 40 minutos do segundo tempo. Eu falei: "não, para com isso, vamos ganhar tudo de 3 ou 4 a 0 que está bom" (risos). Mas é um campeonato curto, muito equilibrado, e a chance de ter disputa por pênaltis é muito grande. O pênalti é o gol do goleiro, ainda mais se for um que decida o campeonato - disse.

Além de Prass, o atacante Gabriel Jesus também foi convocado e desfalcará o Palmeiras. Eles perderão seis rodadas do Campeonato Brasileiro caso a Seleção chegue à final ou à disputa do terceiro lugar.