Dudu

Dudu começou o ano comemorando o gol na vitória sobre o Botafogo (Foto: César Greco/ Fotoarena)

LANCE!
02/02/2016
16:16
São Paulo (SP)

Artilheiro do Palmeiras na temporada passada, Dudu começou 2016 como um dos destaques na vitória sobre o Botafogo-SP, por 2 a 0, com gol seu. Querido pela torcida e decisivo no Verdão, o camisa 7 relembrou seu início de carreira no Cruzeiro, quando chegou a ser comparado com Maradona, e recusou o status de ser a estrela do time de Marcelo Oliveira.

- Fico feliz, meu objetivo era esse (ser querido pela torcida), levar o Palmeiras a uma situação melhor, mas não me vejo (como a estrela). Todos tem a responsabilidade pelo time estar bem. Prass, Zé... - afirmou o jogador.

- Eu cheguei com grande expectativa, de uma grande contratação e no começo do ano passado as coisas não estavam acontecendo bem, teve o caso no Paulista (o empurrão no árbitro Guilherme Ceretta). Vi que tinha de mudar, de dar uma resposta pelo tanto de dinheiro que investiram em mim. A comissão do Marcelo me ajudou muito, falavam que eu tinha de fazer mais gols, entrar mais na área, que ele ia me ajudar. Estou retribuindo bem - acrescentou o camisa 7, que com o atual treinador deixou de jogar pelo lado do campo e tem atuado de forma centralizada no meio-campo.

Em 59 jogos pelo Palmeiras, Dudu marcou 17 gols e deu 12 assistências. Se hoje o atacante tem brilhado na equipe alviverde, o jogador contou que por pouco não foi aprovado no seu primeiro clube, o Cruzeiro. O técnico de sua categoria o considerou baixo demais e não queria aprová-lo. O comandante da categoria de cima, empolgado com Dudu, o escolheu.

- Cheguei no Cruzeiro bem franzino, fiz o teste, e o treinador da minha categoria mesmo não queria ficar comigo, mas o da categoria de cima, um argentino, que falou para eu ficar. Ele disse que eu poderia jogar na idade de cima, que eu parecia o Maradona, e poderia ser o novo Maradona (risos) - acrescentou o palmeirense, que não concordou com a comparação.

- Acho que não, Maradona era muito melhor (risos) - encerrou.