Campeonato Paulista - Palmeiras x São Bernado (foto:Ale Cabral/LANCE!Press)

Torcedores acenderam sinalizadores e árbitro parou o jogo (Foto: Ale Cabral/LANCE!Press)

LANCE!
19/04/2016
14:55
São Paulo (SP)

O presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, disse nesta terça-feira que o clube tomou as medidas que lhe cabiam contra o uso de sinalizadores na partida contra o São Bernardo, no Allianz Parque. O árbitro parou o jogo e pediu que o goleiro Fernando Prass fosse até os torcedores para que eles apagassem artefatos.

- O Palmeiras tomou todas as medidas possíveis. O clube não tem poder para revistar as pessoas que entram em um estádio ou que estejam fazendo algo de errado. O Palmeiras filmou todas as pessoas que agiram daquela forma, mostrou à polícia, algumas pessoas foram presas... Ou seja, o Palmeiras tomou todas as medidas que lhe são cabíveis - disse Nobre, que ainda assim teme uma punição.


- A preocupação de ser punido existe. Infelizmente são torcedores que até nas redes sociais acabam dizendo que querem de alguma maneira prejudicar o clube, isso nos assusta. Mas acreditamos que o Poder Público está do nosso lado, e creio que a Federação e o tribunal entendam que o Palmeiras está fazendo a sua parte.

Na final do Paulistão de 2013, a torcida corintiana acendeu sinalizadores na Vila Belmiro, o que causou ao clube a perda de um mando de campo, cumprido no Estadual do ano seguinte.