Alexandre Mattos e Paulo Nobre (FOTO: Cesar Greco/Palmeiras)

Alexandre Mattos e Paulo Nobre foram reclamar sobre recentes erros (FOTO: Cesar Greco/Palmeiras)

LANCE!
17/06/2016
17:15
São Paulo (SP)

O Palmeiras tomou uma atitude mais firme após os recentes erros de arbitragem. Nesta sexta-feira, Paulo Nobre e Alexandre Mattos foram à sede da CBF e tiveram reuniões com o presidente da entidade, Marco Polo Del Nero, e com o presidente da comissão arbitragem, Sérgio Corrêa.

- Eu não faço escândalo com a opinião pública. Quis ter um bate-papo com o Sergio Correa para colocar os erros que estão acontecendo contra o Palmeiras. Erros acontecem, mas queremos pedir árbitros experientes e que não tenham ranço com o Palmeiras - disse o presidente do Palmeiras, de acordo com o "Globoesporte.com".

Normalmente, o Palmeiras costuma mandar DVDs à entidade para reclamar de falhas dos árbitros, mas desta vez decidiu ir à sede no Rio de Janeiro (RJ) pelo número de problemas em oito rodadas. Até agora, o Verdão já foi claramente prejudicado em quatro jogos: Ponte Preta (gol mal anulado), Grêmio (gol impedido do rival), Flamengo (pênalti não marcado) e Coritiba (gol impedido). 

Além destes lances, o clube também se sentiu prejudicado no clássico contra o São Paulo, sob a alegação de que Dudu sofreu falta no lance que originou o gol da vitória tricolor, por 1 a 0. Apesar destes problemas, o Verdão é o segundo colocado do Brasileiro, com 16 pontos.

Além dos percalços com o apito, Nobre aproveitou para falar com Del Nero, com quem possui ótima relação, sobre o combate às torcidas organizadas. 

– Vim aqui fazer uma visita cordial ao presidente. Vim pedir força das entidades na empreitada contra as organizadas, que vêm se comportando de maneira absurda. Estamos preocupados que isso possa prejudicar o Palmeiras – encerrou.