Ana Canhedo
31/08/2016
22:53
São Paulo (SP)

Embora o Palmeiras tenha vencido o Botafogo-PB por 3 a 0, no Allianz Parque, pelo jogo de ida da Copa do Brasil, o torcedor tem motivos para terminar a quarta-feira preocupado. O meio-campista Moisés torceu o tornozelo direito no primeiro tempo do confronto e deixou o estádio com o pé enfaixado, mancando bastante. O camisa 28 será avaliado pelos médicos do clube nesta quinta-feira. 

Moisés deixou o gramado do Allianz aos 24 minutos do primeiro tempo, dando lugar ao volante Gabriel. O meia havia se machucado minutos antes, em dividida próxima à área de defesa do Verdão, continuou em campo após atendimento e a alteração só aconteceu depois de uma segunda disputa de bola, quando, enfim, o camisa 28 desabou no gramado e foi retirado no carrinho. 

Havia a possibilidade de que o técnico Cuca poupasse alguns atletas do confronto desta quarta-feira, diante do time paraibano, mas o Verdão foi a campo com força máxima. Embora tenha vencido com um bom placar, o treinador pretende mudar a estratégia no decorrer do segundo semestre. 

- Mais na frente vamos ter de priorizar alguma competição. Olha o caso do Moisés, se tivéssemos jogo domingo, perderíamos uma peça importante. Viu que time arrumado, mesmo na Série C? O desgaste que causa, não iria recuperar para jogar sábado. Priorizar não é dizer não a uma competição, é usar jogadores que não vem tendo tantas oportunidades - disse Cuca, em coletiva. 

Moisés já terá o diagnóstico do problema nesta quinta-feira, e o Palmeiras só volta a campo no próximo dia 7 de setembro, quando enfrenta o rival São Paulo, no Allianz Parque, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. A expectativa é de que o problema do meio-campista seja solucionado a tempo de estar em campo no Choque-Rei.