Moisés - Palmeiras

Moisés vestiu a camisa 28, que era de Andrei Girotto, nesta quarta-feira (Foto: Fellipe Lucena)

Fellipe Lucena
13/01/2016
12:36
Itu (SP)

"Tem nome de líder e espero que ele nos ajude a abrir os caminhos para as vitórias". Foi assim, brincando com o nome bíblico de Moisés, que Genaro Marino, vice-presidente do Palmeiras, apresentou o meia nesta quarta-feira, no Spa Sport Resort, em Itu (SP). O reforço recebeu a camisa 28 e contou como o diretor de futebol Alexandre Mattos o convenceu a jogar no Palestra Itália.

+ Confira e curta a página do LANCE! no Facebook

- Quando o Alexandre Mattos me ligou, a primeira pergunta que ele me fez foi: "Você está preparado para ser campeão?" Foi assim que ele me abordou. Eu disse que não só estou preparado como também quero muito. A conversa começou por aí. Essa ambição é muito válida - revelou o atleta de 27 anos, que trabalhou com o diretor no início da carreira, ainda no América-MG.

Depois de passar por Sport e Boa Esporte, Moisés se destacou a serviço da Portuguesa, em 2012. De lá, foi para o Rijeka, da Croácia, onde foi até capitão em partidas da Liga Europa.

- O Moisés do Palmeiras será aquele mesmo que jogou na Portuguesa, com uma dinâmica muito grande, e agora com experiência muito maior. Tive a felicidade de disputar uma Liga Europa, aprendi sobre compactação, todos se ajudarem. Tenho a felicidade de chegar em um clube em que todos os jogadores têm essa vontade de se ajudar. A gente já chega sabendo que vai encontrar aqui um perfil vencedor. Não à toa o Palmeiras é campeão da Copa do Brasil - comentou.

No primeiro coletivo do ano, pouco antes da apresentação, Moisés fez dupla com Thiago Santos na equipe reserva, como volante. 

- Não tem uma posição específica, eu vou brigar para estar entre os 11. Nós que chegamos agora estamos atrás de quem foi campeão. Foi brigar na posição de meia, volante, as duas posições em que eu vou bem.

Moisés assinou contrato até dezembro de 2017, com opção para renovar por mais dois. Ele foi o sexto reforço apresentado. O único contratado que ainda não falou com os jornalistas é Régis, o que deve acontecer na sexta-feira.