Yerry Mina Santa Fe

Mina deixa o Santa Fe depois do Campeonato Colombiano, no dia 22 de maio (Foto: Divulgação)

LANCE!
01/05/2016
23:35
São Paulo (SP)

Alexandre Mattos elogiou na noite deste domingo o zagueiro Yerry Mina, reforço do Palmeiras. De acordo com o diretor de futebol, o jogador de 21 anos de idade irá de fato deixar o Santa Fe (COL) apenas depois do Campeonato Colombiano, mas deve viajar ao Brasil na próxima semana para realizar exames médicos, finalizar os detalhes do acordo e assinar um vínculo de cinco temporadas.

- O Palmeiras, até por um pedido do Santa Fe, não vai comentar (os detalhes do acordo). É uma negociação bem complexa, envolvendo outras duas, três equipes de fora, que estavam no imbróglio. Na outra semana ele provalmente vem a São Paulo para fazer exames, depois retorna a Colômbia, como combinado - explicou Mattos, em entrevista à TV Gazeta.

- Ele é um zagueiro jovem, o Palmeiras está pensando não só no presente, mas no futuro também. Tem um potencial enorme, estávamos negociando por ele há algum tempo e hoje concluímos. É mais um guerreiro que vai nos ajudar - acrescentou.

O Campeonato Colombiano ainda tem mais quatro rodadas em disputa e acaba no dia 22 de maio. Além disso, a janela de transferência do exterior está fechada neste momento e reabre entre 20 de junho e 19 de julho. Assim, o reforço só terá condições de estrear pelo Palmeiras a partir da 10ª rodada do Brasileirão, em 22 de junho. Caso vá para a seleção de seu país na Olimpíada, algo provável, ele voltará a ser desfalque em agosto.

'Faltam detalhes, mas o Palmeiras agiu como manda a CBF, nós notificamos o clube (Audax), não só juridicamente, mas pessoalmente com o Vampeta, que passou as informações do atleta, que iria ficar sem contrato', Mattos, sobre Tchê Tchê

- A janela só abre no dia 20 de junho, até a CBF poderia começar a rever isto, porque o Palmeiras comprou um jogador para o Brasileiro e não poderá jogar, só a partir lá pela 12ª rodada - reforçou.

Entre segunda e quinta, Mina estará com a seleção colombiana sub-23 em um período de treinos. De acordo com Mattos, além de presença quase certa nos Jogos Olímpicos, o jogador está no grupo dos pré-convocados para a Copa América.

Este é o quarto reforço que o Verdão fechou após as eliminações no Paulista e Libertadores. Além do lateral-direito e meia do Osasco Audax, Tchê Tchê, o lateral-direito Fabiano e o lateral-esquerdo/meia Fabrício, ex-Cruzeiro, foram envolvidos em uma troca com Lucas e Robinho. Mattos deu sua versão sobre o negócio.

- Foi uma questão técnica e tática. Nós já vínhamos conversando com o Cuca, e o caráter do Robinho é absolutamente sensacional, não tem problema nenhum. Se tivesse algum racha (no elenco), era fácil resolver - completou.