icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
28/08/2015
14:58

Depois de tomar a vaga de Rafael Marques e ser o grande destaque da vitória do Palmeiras sobre o Cruzeiro, por 3 a 2, pela Copa do Brasil, o atacante Gabriel Jesus começará jogando mais uma vez na partida contra o Joinville, às 16h de domingo, no Allianz Parque, pela 21ª rodada do Brasileirão. O técnico Marcelo Oliveira confirmou a manutenção do jovem de 18 anos, que fez dois gols e deu uma assistência, em entrevista na tarde desta sexta-feira.

- O Gabriel é um jogador de força, com obediência tática, criativo, até pelos gols que fez. Temos uma preocupação de não exagerar em elogios a um jogador tão jovem, porque todos sabemos que ele tem uma carreira promissora. Ele tem que estar inserido, entrando aos poucos, e evoluindo de forma tranquila e gradual. É certo que ele será titular neste próximo jogo - afirmou ele, que diz ainda não ter definido o centroavante (Barrios, titular na quarta, disputa com Alecsandro, que ficou fora porque não pode disputar a Copa do Brasil).

- Temos mais um dia para pensar. (No ataque) temos muita confiança em todos, não só no Barrios e Alecsandro, mas também no Leandro Pereira e Cristaldo, que está fora para este próximo jogo - acrescentou.

Ainda sem saber se o volante Arouca, que se recupera de lesão muscular, estará disponível - o que é improvável -, Marcelo deve manter a estrutura tática da equipe da última quarta-feira. Sendo assim, Rafael Marques deve seguir sendo reserva de Gabriel Jesus e o lateral-direito Lucas, antes capitão do time, pode continuar fora, com o jovem João Pedro na equipe. Essas foram duas surpreendentes novidades na escalação da partida contra a Raposa.

- Eu disse que em algum momento podemos descansar jogadores mais desgatados, mas poderíamos trocar por convicção tática ou produção. O elenco tem qualidade semelhante, os jogadores às vezes treinam bem, e fazemos a troca, porque estávamos oscilando muito. Poderíamos ter jogado mais tempo daquela forma contra o Cruzeiro, pelo ímpeto nos primeiros 30 minutos - completou Marcelo.

O provável time do Verdão, portanto, tem: Fernando Prass, João Pedro (Lucas), Jackson, Vitor Hugo e Egídio; Amaral, Robinho e Zé Roberto; Dudu, Gabriel Jesus e Barrios (Alecsandro).

Depois de tomar a vaga de Rafael Marques e ser o grande destaque da vitória do Palmeiras sobre o Cruzeiro, por 3 a 2, pela Copa do Brasil, o atacante Gabriel Jesus começará jogando mais uma vez na partida contra o Joinville, às 16h de domingo, no Allianz Parque, pela 21ª rodada do Brasileirão. O técnico Marcelo Oliveira confirmou a manutenção do jovem de 18 anos, que fez dois gols e deu uma assistência, em entrevista na tarde desta sexta-feira.

- O Gabriel é um jogador de força, com obediência tática, criativo, até pelos gols que fez. Temos uma preocupação de não exagerar em elogios a um jogador tão jovem, porque todos sabemos que ele tem uma carreira promissora. Ele tem que estar inserido, entrando aos poucos, e evoluindo de forma tranquila e gradual. É certo que ele será titular neste próximo jogo - afirmou ele, que diz ainda não ter definido o centroavante (Barrios, titular na quarta, disputa com Alecsandro, que ficou fora porque não pode disputar a Copa do Brasil).

- Temos mais um dia para pensar. (No ataque) temos muita confiança em todos, não só no Barrios e Alecsandro, mas também no Leandro Pereira e Cristaldo, que está fora para este próximo jogo - acrescentou.

Ainda sem saber se o volante Arouca, que se recupera de lesão muscular, estará disponível - o que é improvável -, Marcelo deve manter a estrutura tática da equipe da última quarta-feira. Sendo assim, Rafael Marques deve seguir sendo reserva de Gabriel Jesus e o lateral-direito Lucas, antes capitão do time, pode continuar fora, com o jovem João Pedro na equipe. Essas foram duas surpreendentes novidades na escalação da partida contra a Raposa.

- Eu disse que em algum momento podemos descansar jogadores mais desgatados, mas poderíamos trocar por convicção tática ou produção. O elenco tem qualidade semelhante, os jogadores às vezes treinam bem, e fazemos a troca, porque estávamos oscilando muito. Poderíamos ter jogado mais tempo daquela forma contra o Cruzeiro, pelo ímpeto nos primeiros 30 minutos - completou Marcelo.

O provável time do Verdão, portanto, tem: Fernando Prass, João Pedro (Lucas), Jackson, Vitor Hugo e Egídio; Amaral, Robinho e Zé Roberto; Dudu, Gabriel Jesus e Barrios (Alecsandro).