LANCE!
25/03/2016
12:20
São Paulo (SP)

O lance mais incrível do jogo-treino disputado na manhã desta sexta-feira, na Academia de Futebol, foi protagonizado pelo Nacional-SP - um gol do meio de campo, com falha feia do goleiro Vagner -, mas quem venceu foi o Palmeiras: 4 a 1, com dois belos gols de Jean, um de João Pedro e outro de Taylor.

Cuca, que assistiu toda a atividade ao lado do diretor de futebol Alexandre Mattos e do gerente Cícero Souza, mandou a campo uma equipe reserva. Jean, destaque da atividade, foi o único que começou jogando na derrota por 2 a 1 para o Red Bull a ser utilizado, mas só porque saiu no intervalo. Os outros titulares fizeram trabalhos regenerativos, assim como Allione (entrou aos nove minutos do primeiro tempo) e Zé Roberto (entrou na etapa final). Alecsandro, que disputou todo o segundo tempo, foi utilizado na atividade desta sexta.

O Palmeiras jogou com Vagner, João Pedro, Thiago Martins, Roger Carvalho e Victor Luis; Thiago Santos, Jean, Gabriel e Régis; Cristaldo e Alecsandro.

Esta formação terminou o primeiro tempo empatando por 1 a 1. Jean acertou o ângulo em uma pancada da entrada da área assim que o jogo-treino começou, mas o empate veio na sequência com o chute do meio de campo que bateu no travessão, nas costas de Vagner e entrou.

O Verdão voltou para a etapa final com Vagner, João Pedro, Thiago Martins, Leandro Almeida e Victor Luis; Gabriel, Jean, Rodrigo e Régis; Taylor e Cristaldo.

Esta equipe marcou três gols: João Pedro, Taylor e Jean. Os dois últimos saíram em bonitas finalizações e com assistências de Cristaldo, que acabou se machucando no último lance do treino e virou dúvida para o duelo de domingo, com o Água Santa, em Presidente Prudente. Seria a volta dele ao time após quatro partidas fora por um problema muscular.

Cleiton Xavier

Fora de combate desde agosto do ano passado devido a uma série de lesões musculares, o meia Cleiton Xavier deu sequência à sua rotina de exercícios físicos e segue sem previsão de retorno. O mesmo se aplica a Fellype Gabriel e Luan, outros que se recuperam de lesões. Moisés, que operou o pé, ficará mais três meses em tratamento.