Lucas

Lucas falou bastante com a imprensa e criticou duramente alguns jogadores do Santos (Foto: Ana Canhedo)

LANCE!
27/11/2015
16:45
São Paulo (SP) 

A derrota para o Santos na primeira final da Copa do Brasil não foi bem digerida pelo lateral-direito Lucas. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, o jogador do Palmeiras criticou duramente Lucas Lima e Ricardo Oliveira e pediu mais atenção ao árbitro que for escalado para o jogo da próxima quarta-feira, no Allianz Parque, às 22h. 

A "rixa" com Lucas Lima aconteceu no segundo tempo da partida na Vila Belmiro, quando o defensor alviverde acabou expulso de campo por chutar a bola no adversário. Segundo ele, a atitude foi impensada e errada, mas aconteceu pela provocação do meia santista anteriormente. 

- Eu errei, não deveria ter revidado, o sangue subiu para a cabeça e acabei chutando a bola, um pouco nervoso, não tinha necessidade. Mas acho também que o Lucas Lima foi errado, deixou o braço no meu rosto em um lance que não tinha nada a ver. Eu estava fazendo uma partida leal. Depois, ele sai dando risadas, debochando, acho uma sacanagem isso de um atleta profissional, eu sou leal sempre, discordo da atitude dele - reclamou. 

E não foi só Lucas Lima o responsável por fazer o sangue de Lucas, suspenso para a grande final, subir à cabeça. Ricardo Oliveira também irritou os palmeirenses. 

- Sim, ele é malandro. É um atacante que procura tirar vantagem do zagueiro, se é certo ou errado cabe ao árbitro analisar. É artilheiro, temos que tomar todos os cuidados com ele - afirmou, e não parou por aí. 

- Uma situação que a gente deixa aqui esclarecido, é para o árbitro ter um pouco mais de cuidado e olhar um pouco mais o que o Ricardo Oliveira faz antes de decidir, ele puxa o Jackson antes de chutar no (Fernando) Prass. Torço para que o árbitro esteja de olho nesses detalhes e o campeão seja decidido na técnica.  Outros lances durante o jogo me vem à memória. Falam que Jackson dá uma cotovelada nele, mas eu vejo o Ricardo Oliveira com a mão no rosto do nosso zagueiro. No lance do pênalti, ele discute com Arouca, puxa o Arouca e depois o árbitro dá o pênalti - completou. 

O árbitro da grande decisão ainda não está escalado, algo que aguça a curiosidade do próprio Lucas. Antes de conceder entrevista coletiva, o lateral perguntou à imprensa sobre o sorteio. Fora da decisão, Lucas aposta em boa atuação de João Pedro, seu provável substituto. 

- Para o João Pedro disse que nada na nossa vida é por acaso, caiu essa no colo dele e por tudo o que ele faz ele vai arrebentar. Assim que acabou o jogo eu dei abraço nele e falei que tinha chegado a hora dele. Eu falo isso porque ele já viveu todas as situações aqui dentro. Ele já passou por situações piores no Palmeiras, subiu jovem e fez o que fez.  Ele tem uma qualidade incrível, vai entrar e arrebentar - finalizou. 

Antes da final da Copa do Brasil, o Verdão entra em campo neste domingo, às 18h, no Allianz Parque, para encarar o Coritiba. Lucas deve ser usado no time titular.