Paulo Nobre

Paulo Nobre tende a renovar com a Globo (Foto: Cesar Greco/Fotoarena)

Fellipe Lucena
17/02/2016
17:36
São Paulo (SP)

O Palmeiras abriu conversas com o Esporte Interativo, empresa que está brigando pelos direitos de TV fechada do Campeonato Brasileiro a partir de 2019. O Verdão, porém, está inclinado a renovar com a Globo, com quem também já teve reuniões.

Os 20 clubes da Série A têm contrato firmado com a Globo até 2018. Em 2015, a emissora distribuiu R$ 1,1 bilhão para as equipes, sendo que o Palmeiras ficou com cerca de R$ 62 milhões. Esse valor engloba TV aberta, TV fechada (única propriedade que interessa ao Esporte Interativo no momento) e pay-per-view. O valor correspondente à TV fechada é considerado pequeno, inferior a 10% da quantia total.

O Esporte Interativo gostaria de fechar com os 20 clubes da Série A, oferecendo nove vezes mais do que a Globo paga pela TV fechada. Um outro atrativo seria chamar o Allianz Parque por seu nome original, algo que a Globo não faz.

O Santos foi o primeiro a nadar contra a maré e fechar com a empresa do Grupo Turner, mas já há equipes que renovaram com a Globo, algo que neste momento a maioria tende a fazer.

Em 2015, o Verdão receberá R$ 100 milhões da Globo pelo Brasileiro.