Palmeiras x Rio Claro

Gabriel festeja o lindo gol que fez contra o Rio Claro (Foto: Ale Cabral/Lancepress!)

Fellipe Lucena
02/04/2016
08:00
São Paulo (SP)

Gabriel Jesus tem só 18 anos e 52 jogos como profissional do Palmeiras, mas já ostenta uma considerável coleção de golaços. Na quinta-feira, contra o Rio Claro, ele recebeu pela esquerda, carregou a bola diante de quatro marcadores e passou entre dois deles antes de finalizar com categoria.

- É o que eu sempre falo: futebol brasileiro é isso. Não falando que sou monstro, craque, mas consegui colocar meu futebol veloz com um pouco de habilidade. Quem não arrisca, não petisca - explicou.

Habituado a marcar belos gols nas categorias de base, o atacante começou a encantar o torcedor nas quartas de final da Copa do Brasil do ano passado, contra o Cruzeiro, primeiro com uma linda finalização de primeira e depois deixando o experiente goleiro Fábio no chão.

Neste ano, antes da pintura de quinta-feira, Jesus já havia marcado por cobertura contra o XV de Piracicaba. Isso sem contar as finalizações um pouco menos brilhantes, mas também bonitas, contra São Bento e Nacional (URU).

- Como eu disse, não sou craque, mas sei das minhas qualidades e sei dos meus pontos fracos, onde consigo colocar velocidade e consigo driblar o adversário - disse.

Uma prova da maturidade do garoto é que ele já pode igualar o número de gols marcados em 2015 com menos da metade dos jogos nesta temporada. No ano passado, seu primeiro como profissional, Gabriel marcou sete gols em 37 partidas (1.457 minutos). Em 2016, ele já balançou as redes seis vezes em 15 jogos (877 minutos jogados).

Cuca ainda não definiu o time titular, mas dificilmente deixará de escalar Gabriel Jesus no domingo, contra o Corinthians, no Pacaembu. Será o 14 º clássico dele, número considerável em pouco tempo de carreira. Ainda falta fazer gol.

OS 13 GOLS DE JESUS

ASA-AL
Cleiton Xavier cruzou rasteiro da direita e completou de carrinho para as redes. Primeiro gol como profissional e vitória por 1 a 0.

Cruzeiro
Dois golaços: o primeiro com um chute de primeira, no alto, após cruzamento de Egídio; o segundo deixando Paulo André para trás na velocidade e dando dois dribles em Fábio. Vitória por 3 a 2 no Mineirão.

Joinville
O primeiro dos dois gols do jovem foi bonito: ele recebeu de Victor Ramos, dominou e bateu colocado da entrada da área. No segundo, completou cruzamento na pequena área. Vitória por 3 a 2 no Allianz.

Fluminense
Após cruzamento da direita, Jesus aproveitou cochilo do zagueiro e do goleiro, se meteu entre os dois e tocou por baixo de Diego Cavalieri. Palmeiras goleou por 4 a 1.

Avaí
Jovem recebeu de Cristaldo e, sem goleiro, tocou para o gol. Reservas verdes fizeram 3 a 1.

São Bento
Mais um belo gol para a conta: Jesus recebeu enfiada de Robinho, dominou e soltou uma bomba. A bola ainda bateu no travessão antes de entrar. Jogo terminou empatado em 2 a 2.

River Plate (URU)
Outro gol bonito. Recebeu passe de peito de Alecsandro, dominou também no peito e bateu na saída do goleiro: 2 a 2.

XV de Piracicaba
Outra vez, jovem marcou dois gols: o primeiro muito bonito, por cobertura, e o segundo completamento cruzamento rasteiro dentro da área. Goleada do Verdão por 4 a 1.

Nacional (URU)
Mais uma vez, mostrou muita frieza na conclusão. Pegou a sobra da zaga, driblou o goleiro e tocou fora do alcance do zagueiro, que estava em cima da linha para tentar cortar. Derrota por 2 a 1 em casa.

Rio Claro
Outro gol para a lista dos mais bonitos. Na última quinta-feira, conduziu a bola da intermediária até a área, pela esquerda, passou entre dois zagueiros e tocou com estilo. Vitória por 3 a 0.