LANCE!
31/05/2016
19:32
São Paulo (SP)

Gabriel Jesus recebeu uma notícia frustrante na tarde desta terça-feira: Lucas, do PSG (FRA), foi o escolhido para ocupar a vaga de Rafinha, cortado da Seleção Brasileira que vai disputar a Copa América nos Estados Unidos. O jovem nutria desde domingo a expectativa de ser convocado por Dunga.

Preocupado com a reação do atacante, Cuca já começou a agir para que ele não perca a confiança e o chamou para um papo em particular. Nesta quinta, contra o Grêmio, o atacante seguirá no time titular do Verdão.


- Pensa você se tivesse 19 anos, com uma chance de ir para a Seleção, e acontecer tudo isso. Como ia ficar a cabeça? Falei para ele que não tem que se preocupar. Se a oportunidade veio e não deu certo agora por uma questão que não foi culpa dele e nem culpa do futebol apresentado, ela vai vir daqui a pouco. O Gilmar (Rinaldi, coordenador de seleções) e o Dunga são inteligentes e sabem que esse tipo de coisa ocorre. Não cabe ver um culpado - disse o técnico.

Quando Douglas Costa se lesionou, o nome de Gabriel Jesus já havia sido cogitado. Dunga deixou claro que a escolha de Kaká para substituir o atacante do Bayern (ALE) foi por opção técnica, mas criticou o fato de alguns jogadores que estavam na pré-lista de 40 nomes não terem condições de viajarem. Um desses atletas era justamente o palmeirense, que estava sem visto.

Após a declaração do treinador e com a iminência de Rafinha também ser cortado, o Palmeiras ajudou o camisa 33 a tirar seu visto, que deve estar pronto nesta semana. Gabriel poderia estar com a documentação pronta no fim do ano passado, já que o clube orientou seus jogadores a se prepararem para a possibilidade de enfrentar um clube mexicano na Libertadores, o que poderia fazer o time passar pelos Estados Unidos.

- Não tem culpado. O que a CBF faz? Ela dá uma pré-lista de 40. O que o clube faz? Prepara o jogador. O que o empresário faz? Também entra nesse contexto. Há uma série de fatores, mas não precisa fazer um alarde grande. Já aconteceu, já foi, ele deu entrada no visto, depois de amanhã já deve estar pronto. Se o pessoal achar que ele tem de ir, já estará em condições - disse Cuca.