William Correia
04/10/2017
18:46
São Paulo (SP)

Cuca deu entrevista coletiva nesta quarta-feira, logo após o treinamento na Academia de Futebol, e expôs o novo status de Felipe Melo no Palmeiras: o volante deve passar a ser zagueiro, e ganhou pontos com o técnico por estar no vestiário do Allianz Parque na partida de sábado, contra o Santos. Mas ainda não há data estipulada para o Pitbull voltar a entrar em campo pelo Verdão.

- Não sei se ele vai ter chance, o que vai acontecer, o que os jogos vão pedir. Mas o Felipe é jogador do Palmeiras, importante para o Palmeiras, e não só jogando. Estava nos vestiários no sábado, dando apoio, o que é ótimo. Ganha ponto com os companheiros, o treinador e todos. Está lá incentivando, apoiando, aconselhando mais jovens. É o que precisamos.


Felipe Melo treinou afastado do time principal por cerca de um mês, mas foi reintegrado no começo de setembro. Após um desentendimento com o jogador, Cuca, durante sua entrevista nesta quarta-feira, falou que deve utilizar o jogo-treino contra o sub-20 do Desportivo Brasil, na sexta-feira, para ver não só as condições de Felipe Melo, mas também de Jailson e Michel Bastos, que estão voltando de lesão.

O técnico admite que Felipe Melo está na frente em relação ao goleiro, que se recupera de contusão rara no quadril, e ao meio-campista/lateral, recém-liberado depois de infecção na perna. E Felipe Melo, quando voltar a jogar, deve ser escalado como treinou durante todo o treino desta quarta-feira: na zaga.

- Um tema que tive de conversa com Felipe foi sobre ser zagueiro, como ele fez contra o Inter, lá em Porto Alegre, na Copa do Brasil, e classificamos. Ele foi bem e tem controle da posição, tem comando, liderança. Penso nele, sim, como zagueiro - admitiu Cuca.

Mina e Arouca

Em relação a outras voltas, Mina esteve no gramado nesta quarta-feira, de chuteira, mas realizando trabalhos isolados. Segundo Cuca, o zagueiro, que teve fratura no pé esquerdo em 9 de agosto, esta quarta-feira era o último dia de transição para o colombiano, e ele deve ser testado em treinamentos com os colegas nos próximos dias.

Já Arouca, que operou o pé esquerdo no fim de março e ainda não realizou nenhuma partida oficial nesta temporada, treinou normalmente e até fez gol nesta tarde. Mas Cuca prefere ter cautela em relação ao volante e promete só relacioná-lo quando estiver 100%.