Nacional x Palmeiras (foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras)

O Palmeiras sofreu sua segunda derrota para o Nacional na quinta-feira (foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras)

LANCE!
18/03/2016
17:44
São Paulo (SP)

Com a derrota de quinta-feira para o Nacional (URU), o Palmeiras ficou em situação complicada na Libertadores - de acordo com o matemático Tristão Garcia, o time tem 23% de chances de se classificar às oitavas de final. Entenda o que o Verdão precisa fazer nos próximos dois jogos, contra o Rosario, dia 6 de abril, e River Plate (URU), dia 14, para passar de fase.

Derrota para o Rosario: É o único resultado que elimina o time antes da última rodada, independente do resultado entre Nacional e River, que jogam no dia seguinte. O Verdão não pode ser derrotado no Gigante de Arroyto.

Empate com o Rosario: Neste caso, levando também em consideração que o Nacional não seja derrotado na próxima rodada, o Palmeiras terá que obrigatoriamente vencer o River Plate (URU) no Allianz Parque. Além disso, o Verdão torce por uma derrota do Rosario contra o Nacional e descontar a atual vantagem de três gols de saldo dos argentinos. O problema é que um empate entre uruguaios e argentinos classifica ambos na última rodada.

Vitória por diferença mínima contra o Rosario: Também considerando que o Nacional vença o River, se o Palmeiras sair do Gigante de Arroyto com uma vitória por 1 a 0, basta um empate com o River e torcer para que o Rosario não ganhe na última rodada. 

Se o Palmeiras bater os dois próximos rivais, e o Rosario vencer o Nacional na última rodada, o Verdão terá de descontar saldo diante do River, no Allianz. Neste caso, a diferença de gols no triunfo alviverde teria de ser, ao menos, de dois a mais do que os argentinos contra os uruguaios. Por exemplo: 1 a 0 para o Rosario, e 3 a 0 para o Palmeiras; 2 a 0 e 4 a 0...

Vitória por pelo menos dois gols contra o Rosario: O Palmeiras precisaria de uma vitória contra o River, enquanto o Rosario não poderia tirar a diferença no saldo de gols (se o Verdão vencer na Argentina por 2 a 0, vai para a última rodada com saldo de dois gols, e o Rosario, um). Até um empate no Allianz dá a vaga, basta o Rosario não vencer o Nacional.

Derrota do Nacional para o River: Este resultado é pouco provável, mas se o Nacional, atual líder do grupo, perder para o River, pode até ser eliminado, caso o Palmeiras vença seus dois jogos, e o Rosario vença os uruguaios na última rodada. Se o Verdão fizer sua parte nas duas partidas e os rivais empatarem no último jogo, os argentinos não avançam. Até um empate contra o lanterna pode complicar a equipe de Gustavo Munúa.