Fellipe Lucena e Thiago Ferri
07/01/2017
15:35
São Paulo (SP)

Depois de sair do Palmeiras, Gabriel estuda opções para o futuro. Em conversas com Corinthians e Atlético-MG, o atleta agora irá ouvir a oferta do Genoa (ITA). Neste fim de semana, seus empresários, Marcelo Goldfarb e Bruno Paiva, ambos da OTB Sports, viajaram à Itália para negociar pelo meio-campista. Nesta semana, ele inclusive começou a seguir a equipe europeia nas redes sociais.

O volante é vinculado ao Monte Azul-SP, e 100% dos seus direitos econômicos custariam ao Verdão 4 milhões de euros (R$ 13,5 milhões). O clube considerou a pedida muito alta e chegou a se aproximar de um acordo por parte dos direitos, pagando R$ 5 milhões. O novo contrato, contudo, nunca foi assinado. A partir do momento que outros clubes mostraram-se interessados e o valor subiu, o Palmeiras informou que estava fora das negociações.

​O Corinthians, então, concentrou esforços no atleta. Como não dispõe de recursos para comprar os 100% dos direitos econômicos do volante, o Timão está disposto a investir até metade do valor (R$ 6,7 milhões) por metade dos direitos. A diretoria alvinegra está confiante de que conseguirá o jogador.

O Galo, que perdeu Leandro Donizete e Júnior Urso, também entrou em contato, mas está atrás na briga. O clube mineiro ao mesmo tempo negocia com Arouca, volante do Palmeiras que formou com Gabriel a dupla ideal do meio-campo alviverde no início de 2015.

O Genoa tem a seu favor a moeda mais forte (euro) e a possibilidade de Gabriel iniciar sua carreira na Europa. Aos 24 anos de idade, o jogador passou as últimas duas temporadas no Palmeiras e conquistou a Copa do Brasil e o Brasileiro. Atrapalhado por lesões, ele terminou sua passagem pelo clube alviverde com 61 partidas e três gols.