LANCE!
30/10/2017
14:48
São Paulo (SP)

O jogo contra o Cruzeiro, às 20h desta segunda-feira, no Allianz Parque, não será especial para Egídio apenas pelo reencontro com o clube em que foi bicampeão brasileiro. Esta partida será a centésima dele pelo Palmeiras, marca bastante esperada e comemorada pelo jogador.

- Estou muito feliz. Não é fácil chegar ao centésimo jogo com a camisa de um clube do tamanho do Palmeiras, ainda mais nos dias de hoje. É uma honra atingir essa marca. Só tenho a agradecer aos torcedores, meus companheiros de time, diretoria... Estou perto de completar três anos aqui e vivi muitas coisas: alegrias, tristezas, cobrança, títulos... Fiz muitas amizades. Será um jogo especial pra mim, contra uma equipe em que fiz mais de cem jogos também. Espero sair com a vitória e continuar nessa arrancada em busca do título - disse o camisa 6.

Egídio chegou ao Palmeiras no meio de 2015 após uma rápida e frustrada passagem pelo Dnipro, da Ucrânia, para onde foi após deixar a Raposa. Logo em sua primeira temporada no clube, faturou a Copa do Brasil. No ano seguinte, o Brasileirão. Ao longo dos 99 jogos, ele marcou três gols.

Neste ano, o lateral viveu seus momentos mais turbulentos no clube. Ele perdeu o último pênalti na disputa contra o Barcelona de Guayaquil, que eliminou o Palmeiras da Libertadores, e foi hostilizado pela torcida no Allianz Parque. Depois de ser preservado por Cuca por um período, conseguiu retomar a vaga de titular, que está mantendo durante a arrancada do Verdão.

- Passamos por altos e baixos nesse campeonato. Por isso, o nosso objetivo é terminar entre os quatro primeiros. Faltam oito rodadas e queremos fazer o nosso melhor nesses jogos. Vamos continuar trabalhando forte, motivados e confiantes. O mais importante é fazermos a nossa parte. Lá na frente vamos ver o que acontece - completou Egídio.