LANCE!
08/07/2016
08:15
São Paulo (SP)

Moisés e Tchê Tchê, que formaram a dupla de volantes do Palmeiras nos últimos três jogos no Allianz Parque, dificilmente estarão juntos no clássico contra o Santos, na próxima terça, em casa. Ambos tratam lesões e são dúvidas para o duelo, sendo que a situação de Moisés é mais preocupante.

Sem a dupla preferida, Cuca terá de pensar em alternativas para formar o meio de campo do Verdão. A situação torna-se ainda mais complicada para o técnico porque Thiago Santos recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Sport, segunda-feira, e cumprirá gancho.

Hoje, a dupla mais viável seria composta por Matheus Sales e Jean, abrindo espaço para João Pedro ou Fabiano na lateral-direita. Rodrigo, que ainda não jogou pelo clube, e Yerry Mina, zagueiro que pode ser improvisado no meio, são alternativas menos prováveis.

Até o dia do jogo, porém, há a possibilidade de Arouca e Gabriel estarem aptos. Recuperados de problemas físicos, os dois trabalharam com bola nesta quinta-feira e dependem da evolução ao longo das atividades para se tornarem opções.

Arouca passou por artroscopia no joelho esquerdo e não joga desde 18 de abril, quando o Verdão bateu o São Bernardo pelas quartas de final do Paulistão. Gabriel, por sua vez, atuou pela última vez contra o Santos, na semi do Estadual, em 24 de abril. Ele sofreu uma lesão na coxa esquerda dias depois.

As dúvidas não se restringem ao meio. Edu Dracena, recuperado de desgaste muscular, pode retornar na vaga de Mina. No ataque, as baixas são Gabriel Jesus e Róger Guedes, suspensos, além de Alecsandro, que aguarda julgamento por doping. Dudu, Erik e Barrios são favoritos a iniciar jogando, mas Leandro Pereira e Rafael Marques podem aparecer.