Thiago Ferri
23/09/2016
16:24
São Paulo (SP)

O Palmeiras foi denunciado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) graças à confusão entre alguns torcedores do clube e dirigentes do Flamengo, no Allianz Parque, dia 14 de setembro. A informação foi publicada pelo site da ESPN e confirmada pelo LANCE!.

O clube foi indiciado pelo artigo 213 (deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens em sua praça de desporto) e a pena inicialmente é uma multa entre R$ 100 e R$ 100 mil. Se o caso for considerado grave, o clube pode até perder de um a dez mandos de campo, mas a expectativa é de que a pena, se vier, não seja pesada.

A diretoria rubro-negra diz ter sido hostilizada por membros das organizadas do Palmeiras, que estavam logo abaixo de seu camarote na arena, no Gol Sul. Alegam, até, que jogaram isqueiros, gelos e sapato contra a cúpula do Fla.

Os palmeirenses, por sua vez, divulgaram vídeos do presidente Eduardo Bandeira de Mello batendo boca com torcedores do Verdão. A confusão teria começado após a expulsão de Márcio Araújo e não foi citada na súmula.

Palmeiras e Flamengo são os principais candidatos ao título brasileiro neste momento. O jogo entre os times acabou empatado em 1 a 1 e manteve a vantagem do Verdão de um ponto.