Santa Cruz x Palmeiras (Foto:Fotógrafo Pablo Kennedy/Lancepress!)

Calça vinho e camisa verde : traje 'obrigatório' de Cuca para jogos do Brasileirão (Foto: Pablo Kennedy/Lancepress!)

LANCE!
03/10/2016
22:54
São Paulo (SP)

Um empate contra o Santa Cruz, nesta segunda-feira, seria suficiente para manter o Palmeiras um ponto à frente do vice-líder Flamengo, como no início da rodada, mas essa não era a ideia de Cuca. Com o empate dos cariocas diante do São Paulo, sábado, o Verdão se viu diante da oportunidade de ampliar sua vantagem para três pontos e não admitia desperdiçá-la.

– O primeiro tempo foi bem controlado, mas com as mexidas do Doriva eles ganharam um homem a mais no meio. Depois do nosso terceiro gol, o Santa Cruz poderia até ter empatado com o Grafite. Um ponto não era o que a gente queria, precisávamos vencer. Tivemos a calma e a tranquilidade para vencer um jogo muito difícil. Esses três pontos vão valer ouro no fim – disse o técnico, em participação no programa “Bem, Amigos”, do Sportv, após o jogo.

– O que me dá a segurança são os números. Antes do jogo de hoje, o Palmeiras tinha o melhor ataque, a melhor defesa, o artilheiro, se ganhasse era o melhor visitante. Hoje já não tem a melhor defesa, a do Atlético-PR é a melhor, mas esses números dão confiança. Não tem porque parar faltando dez jogos, é só continuar no mesmo caminho – completou o técnico do Verdão.

Com 57 pontos, o líder Palmeiras agora abriu três de vantagem para o segundo colocado, Flamengo. O próximo compromisso do time de Cuca é no domingo, contra o América-MG, em Londrina, no Estádio do Café.