Alecsandro - Treino do Palmeiras

Alecsandro está livre da suspensão preventiva por doping (Foto: Marcello Zambrana/AGIF/Lancepress!)

LANCE!
22/07/2016
12:50
São Paulo (SP)

Pelo segundo dia consecutivo, o time titular do Palmeiras ensaiou com Erik ocupando a vaga de Gabriel Jesus, que está a serviço da Seleção Brasileira olímpica. Dúvida resolvida, certo? Errado. Na segunda parte do trabalho tático desta sexta-feira, o técnico Cuca testou Alecsandro na vaga do camisa 14 e gostou do que viu.

- O Gabriel Jesus tem estilo diferente de qualquer outro que temos aqui. Ele une velocidade e força, se adapta em qualquer posição do ataque. É difícil ter um jogador dessas características e ele ainda saber fazer a referência. Eu trabalhei com o Erik e depois com um centroavante (Alecsandro), gostei também, até mais. Vamos ver até a hora do jogo - declarou.

Como o treino deste sábado será fechado, a dúvida sobre o substituto de Jesus será mantida até momentos antes do jogo contra o Atlético-MG, que começa às 11h de domingo, no Allianz Parque. Cuca confirmou durante a coletiva que Dudu, reserva na vitória por 1 a 0 contra o Internacional, será titular, enquanto Moisés, que se recupera de lesão na coxa direita, não poderá atuar. O zagueiro Yerry Mina, com lesão na coxa esquerda, é outra baixa.

Sem muitas dúvidas no restante do time, o Verdão deve ter Vagner, Jean, Edu Dracena, Vitor Hugo e Zé Roberto; Thiago Santos, Tchê Tchê e Cleiton Xavier; Róger Guedes, Dudu e Alecsandro (Erik). Sem Fernando Prass, outro que está  com a Seleção Brasileira, o capitão será Zé Roberto.

Alecsandro foi suspenso preventivamente por 30 dias após ser flagrado em exame antidoping por uso de uma substância anabolizante, ainda durante o Campeonato Paulista. A punição acabou sem que a data do julgamento fosse marcada, o que deixa o camisa 29 livre para ser utilizado. Havia o risco de receber outra pena preventiva, o que até agora não aconteceu. Agora a preocupação é com a suspensão que será imposta pelo TJD-SP, que pode ser de até quatro anos.

- Alecsandro treinou bem, está em uma condição física boa, ele conhece o adversário. Provavelmente seja a última partida em que ele possa ser utilizado, quem sabe contra o Botafogo também, em caso de punição. Vamos ver se a gente aproveita - disse Cuca, que preferiu não levar o jogador para o duelo contra o Inter, na rodada passada, quando ele já estava liberado do gancho.

O time reserva desta sexta foi o mesmo do dia anterior: Jailson, João Pedro, Thiago Martins, Roger Carvalho e Egídio; Matheus Sales, Arouca e Vitinho; Allione, Rafael Marques e Barrios. Os demais jogadores, como Gabriel e Leandro Pereira, trabalharam no gramado ao lado.​