Treino do Palmeiras

Em seu terceiro jogo pelo clube, Cuca escalará o terceiro time diferente (Foto: Ari Ferreira/Lancepress!)

Fellipe Lucena
22/03/2016
17:45
São Paulo (SP)

O Palmeiras que enfrentará o Red Bull, às 20h30 de quinta-feira, no Pacaembu, será bem diferente daquele que perdeu por 2 a 1 para o Osasco Audax no último domingo. O técnico Cuca comandou um treino coletivo nesta terça-feira e montou a equipe titular com cinco modificações.

O lateral-direito Lucas, que ficou fora até do banco na última partida para fazer um trabalho físico individual, foi uma das novidades. As outras foram o lateral-esquerdo Egídio, o volante Jean e os atacantes Erik e Rafael Marques.

O Palmeiras trabalhou com Fernando Prass, Lucas, Edu Dracena, Vitor Hugo e Egídio; Arouca, Jean e Robinho; Erik, Dudu e Rafael Marques.

João Pedro, Zé Roberto, Gabriel, Gabriel Jesus e Alecsandro saíram da equipe. Dois destes jogadores não integraram nem a equipe reserva: Zé Roberto, que foi poupado e fez trabalhos de reforço muscular, e Gabriel Jesus, que está a serviço da Seleção Brasileira olímpica junto com o volante Matheus Sales. Os dois perderão as próximas duas partidas do Palmeiras, assim como o atacante Lucas Barrios, que está com a seleção do Paraguai.

O que mais chamou a atenção na formação titular foi a presença de Rafael Marques como centroavante. O camisa 19 saiu muito para buscar a bola e não ficou como referência entre os zagueiros, algo que ele sempre deixa bem claro que não gosta de fazer, mas era o maior responsável por concluir as jogadas.

Cuca mais uma vez mostrou-se muito ativo. O técnico contava o número de passes que os titulares conseguiam trocar sem perder a bola, parava a atividade a cada movimento equivocado e gesticulava muito com os atletas. Sua maior cobrança era para que os jogadores se mexessem e trocassem de posição na hora da saída de bola, confundindo a marcação. A postura dos atletas mudou, mas a execução não foi boa.

Os reservas foram escalados com Vagner, João Pedro, Thiago Martins, Roger Carvalho e Victor Luis; Thiago Santos, Gabriel e Régis; Taylor, Allione e Alecsandro.

Cleiton Xavier, Fellype Gabriel e Luan, que se recuperam de lesões, ficaram na caixa de areia. Leandro Almeida, Nathan, Rodrigo e Cristaldo trabalharam finalizações no campo ao lado, com os demais goleiros. Moisés deu sequência ao tratamento após cirurgia no pé e apareceu caminhando com o auxílio de uma muleta.