LANCE!
27/04/2016
18:31
São Paulo (SP)

"Sei o que estou fazendo". A frase foi utilizada por Cuca para explicar a remodelagem do elenco do Palmeiras para o Campeonato Brasileiro, que começou com a troca de Lucas e Robinho por Fabiano e Fabrício, ambos do Cruzeiro. O técnico disse que solicitou a troca pensando nas características dos jogadores e aproveitou para anunciar que o zagueiro Augusto e o meia Vitinho, do sub-20, serão promovidos ao profissional.

- Nós vamos dar uma equilibrada no elenco, principalmente em cima de características. Não tenho dúvida que o Robinho e o Lucas vão servir bem ao Cruzeiro, porque são bons, e não tenho dúvida que o Fabiano e o Fabrício vão servir ao Palmeiras. O Lucas ataca muito bem, o Fabiano é um lateral um pouco mais defensivo e a gente tem o João Pedro para trabalhar nessa função mais ofensiva, além do Jean, que eu pretendo colocar como segundo volante, com aquela saída de bola boa. O Fabrício vem na condição de um polivalente. Pode fazer a lateral, um homem de meio ou linha de quatro pela esquerda. As duas equipes ficam bem servidas, não é o caso de ver quem sai ganhando ou perdendo. Você dá uma mexida no elenco - resumiu.

Cuca foi questionado sobre os motivos da saída de Robinho, que vinha jogando como titular e só participou de menos jogos em 2016 do que o goleiro Fernando Prass. Além de reforçar a busca por determinadas características, o técnico citou Cleiton Xavier, Dudu e Vitinho como candidatos a fazer essa função. E ainda tem Moisés, voltando de lesão.

- Não significa descartar ninguém. Não tenho crítica nenhuma em relação a quem sai. Hoje nem era meu dia de dar entrevista, estou vindo em consideração a vocês (jornalistas) e ao torcedor. Quando existe um reajuste de elenco, faz parte das características que a gente tem em mente. Temos o Vitinho, da base, que está subindo junto com o Augusto. A volta do Cleiton Xavier, o Dudu que pode fazer essa posição, de repente aparece alguma coisa no mercado - comentou o técnico.

Cuca disse que o meia De Arrascaeta, do Cruzeiro, não interessa. Questionado sobre a chance de liberar Dracena e Zé Roberto, disse que não cita nomes de quem pode sair do Palmeiras

Contando os dois cruzeirenses e os cinco goleiros que treinam diariamente, o elenco do Palmeiras tem 35 jogadores. Em breve ficará com 34, já que o lateral-esquerdo Victor Luis está acertando seu empréstimo ao Botafogo até o fim do ano. Taylor e Nathan já foram para o Criciúma, enquanto Fellype Gabriel rescindiu seu vínculo. Outros jogadores, como Leandro Almeida e Régis, devem ser liberados em breve.

- Sei o que estou fazendo. Sei que quando você faz algumas trocas não contenta a todos, críticas vão vir, mas não me incomodo com isso. Nós temos 38 jogadores, não tem como trabalhar com 38 em duas frentes, o Brasileiro e a Copa do Brasil, e ter um nível de treino bom. É natural. Tem jogador que não adianta ficar aqui, entrar um pouquinho, concentrar de vez em quando, se pode ter um ano bom em outra equipe. Quatro, cinco saíram e mais quatro, cinco vão sair. Não é por outra questão do que por terem oportunidade de jogar e voltarem em uma condição melhor. Agora tenho duas semanas e meia. Começaram os testes de avaliação para dar uma reequilibrada física no elenco, depois buscar a parte técnica. Depois vou dar uma saída de São Paulo para buscar a parte tática, para começar o Brasileiro em uma condição bem boa - completou.

Vitinho
Vitinho será promovido (Foto: Divulgação/Palmeiras)