Fellipe Lucena, Thiago Ferri e Thiago Salata
04/05/2016
08:00
São Paulo (SP)

Yerry Mina tem apenas 21 anos, mas chegará ao Palmeiras com muita moral. A contratação do colombiano, confirmada pelo clube no último domingo, foi feita por indicação do técnico Cuca, que o enxerga como um futuro destaque do futebol mundial.

- Foi minha indicação, claro. Eu vejo nele todos os predicados de um grande zagueiro, de primeira linha do futebol mundial. É um jogador que sem dúvida nenhuma vai passar pelo Palmeiras muito rápido. Se ele jogar o que jogou no Santa Fe, e vai acontecer isso, é um jogador de mercado europeu - elogiou o treinador, em entrevista ao LANCE!.

- Conversei com ele, com todos que a gente traz. O Cuquinha (irmão e auxiliar do treinador) viu esse jogador, me falou, depois nós observamos juntos. Quando falei para o Alexandre (Mattos, diretor de futebol) e para o Mauricio (Galiotte, vice-presidente), eles já conheciam o jogador. Eu só falei para ter cuidado porque tem dois Minas, tem o Arturo Mina do Independiente Del Valle, que é um cabeludo. Certificamos que era o certo, mas o outro também é bom (risos). Só não é desse nível - acrescentou o comandante.

Apesar da eliminação logo na fase de grupos, Yerry Mina foi um dos destaques do Independiente Santa Fe (COL) na Copa Libertadores deste ano. Com três gols na campanha, chamou a atenção também pela força no jogo aéreo ofensivo, o que faz Cuca compará-lo a Leonardo Silva, zagueiro-artilheiro com quem trabalhou no Atlético-MG.

– É um jogador de 21 anos, 1,92m de altura. Quando vai ao ataque é um Leonardo Silva de cabeça, vai muito bem. Na defesa, é rápido. Tem que corrigir alguma coisinha em relação ao tempo de bola, que a gente já detectou, mas é coisa mínima. É um jogador que não corre para trás, ele ataca a bola e tem boa saída para o jogo também. – comparou o técnico.

Mina está a serviço da seleção olímpica colombiana e pode vir ao Brasil na semana que vem para antecipar os exames médicos e assinar documentos, mas ainda vai demorar para vestir o uniforme verde: ele voltará ao seu país para disputar as quatro rodadas finais do Campeonato Colombiano, que termina em 22 de maio, e também terá de esperar a abertura da janela de transferências internacionais, em 20 de junho. Como provavelmente irá para a Olimpíada, voltará a ser desfalque no mês de agosto.

O jovem chega para fazer dupla com Vitor Hugo no time titular. Thiago Martins, Edu Dracena, Roger Carvalho e Augusto são os outros defensores. Leandro Almeida será liberado.