LANCE!
08/07/2016
12:05
São Paulo (SP)

Na manhã desta sexta-feira, os jogadores do Palmeiras fizeram treinos físicos na Academia de Futebol. Apenas dois deles não participaram: Tchê Tchê e Moisés. Os volantes estão tratando lesões no quadril e coxa direita, respectivamente, e Cuca diz que irá "esperá-los até o último momento" para o jogo de terça-feira, contra o Santos.

- Se o jogo fosse hoje ou amanhã, eles estariam fora. Mas clinicamente 24 horas no futebol significa muita coisa. São jogadores que a gente não precisa treinar, estão bem trabalhados, vamos esperá-los até o último momento. Se não tiverem condições, vamos treinar outras opções a partir de amanhã para definir o melhor time para terça-feira - disse o treinador, nesta sexta-feira.

O elenco terá trabalhos em dois períodos nesta sexta e, na contramão das ausências, Arouca, Gabriel e Allione treinaram mais uma vez com o restante do elenco. Os três são opções para o clássico no Allianz Parque, mas Cuca fez a ressalva de que ainda falta ritmo a eles.

- Eles saíram do DM e iniciaram a parte técnica, ontem (quinta) fizeram uma parte disso. Não estão 100%, não têm ritmo de jogo nem ritmo forte de treino. Temos de pensar bem com a parte física, com o Omar (Feitosa, preparador físico), a fisiologia. Mas com os treinos vamos encontrar um equilíbrio maior. Ainda faltam quatro dias para o jogo - completou.

Edu Dracena, Egídio e Dudu, desfalques na última rodada, também foram a campo e voltam contra o Santos - o zagueiro saiu da atividade desta manhã um pouco mais cedo, após a atividade física e antes da roda de bobinho.

Cuca ainda não deu pistas sobre o time. Além das duas dúvidas no meio-campo, o técnico fez mistério sobre o titular na zaga, entre Edu Dracena e Mina, e não confirmou quem joga nas vagas dos suspensos Róger Guedes e Gabriel Jesus. Thiago Santos, um possível substituto dos volantes machucados, é outro que terá de cumprir suspensão automática.