LANCE!
02/09/2016
17:54
São Paulo (SP)

Mais do que satisfeito, o técnico Cuca está orgulhoso de Gabriel Jesus, seu principal jogador no Palmeiras, pela estreia com a camisa da Seleção Brasileira, em jogo das Eliminatórias da Copa do Mundo. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira, na Academia de Futebol, o treinador detalhou a conversa que teve com Tite antes da partida contra o Equador e enalteceu a versatilidade de seu camisa 9 (que no Verdão é 33) nas posições de ataque.

- Eu jamais abriria que falei com Tite, mas já que ele citou, nós conversamos, sim. Falei as características do Gabriel, que é a força e a velocidade. Falei como uso ele no Palmeiras, próximo ao gol, sem ter muita incumbência de voltar tanto para marcar, usando toda a força que tem para atacar. Mérito do Gabriel pelo futebol apresentado e do Tite para ter encontrado uma posição boa para ele - disse Cuca.

Na partida contra o Equador, o garoto de 19 anos participou dos três gols da Seleção. Além de ter marcado dois, abriu caminho para a vitória ao sofrer pênalti no segundo tempo. Para Cuca, justamente o lance da penalidade exemplica bem as características de Jesus no ataque.

- Ele acreditou na jogada, ganhou a bola na força, arrancou com velocidade e sofreu o pênalti. Ele não é um definidor, ele mesmo cria a jogada para definir. Além de ter uma boa definição, ele tem uma criação própria de jogada diferenciada - completou Cuca.

Em quinto lugar na tabela das Eliminatórias da América do Sul, o Brasil de Tite e Gabriel Jesus volta a campo na próxima terça-feira, às 21h45, para enfrentar a Colômbia, em Manaus. Por isso, é muito difícil que Jesus esteja em campo na quarta, contra o São Paulo, pelo Brasileirão.

- Muito complicado falar sobre isso, porque tem que ver o tempo que ele vai jogar, como vai ser, não adianta fala agora - agurmentou Cuca.

A joia palmeirense fica no clube até o final de 2016. Em janeiro do ano que vem, se apresenta ao Manchester City e passa a ser comandado por Pep Guardiola. Cuca, então, passará a ser apenas mais um admirador do atual artilheiro do Campeonato Brasileiro (com dez gols).

- Ele é um menino humilde, bom demais. Deus queira que continue nesse caminho. Isso vai depender de quem vai cercá-lo daqui para frente. Ele tem tudo para vencer, é só seguir o caminho dele que vai brilhar muito ainda. Daqui a pouco, vão dizer que vendemos ele barato - brincou.