Campeoato Paulista - Agua Santa x Palmeiras (foto:Cesar Greco/Palmeiras)

Cuca acumula quatro derrotas em quatro jogos pelo Palmeiras (foto:Cesar Greco/Palmeiras)

LANCE!
27/03/2016
19:24
São Paulo (SP)

Cuca vinha repetindo que precisava de um tempo para analisar o elenco e, se necessário, solicitar reforços à diretoria. Após a derrota por 4 a 1 para o água Santa, ele concluiu: o Palmeiras precisa de mais jogadores, mesmo que tenha feito oito contratações para esta temporada.

- Temos de nos unir, entender que tem de melhorar com o que tem aqui e trazer mais jogadores para fortalecer e buscar títulos. Não vai ser de uma hora para a outra, com toquinho de mágica - resumiu o técnico.

- Sei o que posso fazer em termos de arrumar a equipe. Não adianta a gente pensar que tem um super time. A gente tem um bom time e paramos por aí. Tem que ter ajustes - acrescentou.


Com quatro derrotas em quatro partidas no clube e rondando a zona da degola no Campeonato Paulista, Cuca mostrou certa compreensão à atitude da Mancha Alviverde, que foi à Academia de Futebol no sábado de manhã para cobrar os jogadores, embora diga que a atitude não é a mais correta.

- Acho um erro enorme invasão de CT por parte da torcida. Mas ainda bem que foi ontem, já pensou se é amanhã? A gente não pode olhar só um lado e não olhar o outro. Os caras estão vendo que as coisas não andam, que a gente está quase na zona do rebaixamento de um Paulista. Não foi normal, foi uma anormalidade, mas eles vieram com respeito, tentaram entender o que estava acontecendo.

O técnico ainda usou uma frase inusitada para definir a crise:

- Tomara que tenha chegado o fundo do poço, porque de lá você não passa. Se não chegou ainda, tem um pouco mais para ir, e isso é o pior que pode acontecer. Falo de coração, talvez não agrade muita gente, mas é meu sentimento - completou o comandante, que não contará com o suspenso Edu Dracena na quinta, contra o Rio Claro.