Palmeiras x Corinthians

Allianz Parque durante o Dérbi de domingo (Foto: Mauro Horita / Lancepress!)

LANCE!
13/06/2016
14:54
São Paulo (SP)

O árbitro Raphael Claus relatou na súmula do clássico entre Palmeiras e Corinthians, disputado no último domingo, que um copo d'água foi arremessado no gramado pela torcida alviverde durante a comemoração do gol marcado por Cleiton Xavier. O clube pode ir a julgamento no STJD.

"Aos 2 minutos de jogo do segundo tempo, durante a comemoraçao do gol da Sociedade Esportiva Palmeiras, foi arremessado dentro do campo de jogo, não atingindo ninguém, um copo plástico com agua vindo da arquibancada que fica atras do banco do time da Sociedade Esportiva Palmeiras", diz o documento.

O caso abre brecha para que o clube seja denunciado por "deixar de tomar providências capazes de prevenir ou reprimir lançamento de objetos no campo ou local da disputa do evento desportivo", cuja pena é uma multa de R$ 100 a R$ 100 mil.

O artigo só prevê perda de mando de campo "quando a desordem, invasão ou lançamento de objeto for de elevada gravidade ou causar prejuízo ao andamento do evento desportivo", o que não foi o caso.

Art. 213. Deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir:
I - desordens em sua praça de desporto;
II - invasão do campo ou local da disputa do evento desportivo;
III - lançamento de objetos no campo ou local da disputa do evento desportivo.
PENA: multa, de R$ 100 a R$ 100 mil.

§ 1º Quando a desordem, invasão ou lançamento de objeto for de elevada gravidade ou causar prejuízo ao andamento do evento desportivo, a entidade de prática poderá ser punida com a perda do mando de campo de uma a dez partidas, provas ou equivalentes, quando participante da competição oficial.