icons.title signature.placeholder Fellipe Lucena
icons.title signature.placeholder Fellipe Lucena
15/07/2013
10:34

Gilson Kleina e diretoria querem reduzir o elenco do Palmeiras, que hoje conta com mais de 40 jogadores, mas o excesso de opções tem um lado bom: diferente do primeiro semestre, a comissão técnica não precisa ter pressa com os recém-chegados. O meia Felipe Menezes e o atacante Alan Kardec, por exemplo, podem estrear sábado, contra o Figueirense, mas dificilmente começarão jogando e só serão relacionados caso se mostrem em boas condições físicas durante a semana.

- Não queremos só a estreia, mas continuidade - disse Kleina.

Como iniciou o ano com o grupo reduzido, o treinador teve de tomar algumas atitudes emergenciais. O jogo contra o Sporting Cristal (PER), pela primeira fase da Libertadores, é uma prova: Vilson, Weldinho e Marcelo Oliveira nem bem haviam sido apresentados e já estrearam, todos como titulares.

Hoje, o comandante pode se dar ao luxo de aguardar a adaptação de Mendieta para testá-lo como titular. O meia paraguaio, reforço mais caro da gestão Paulo Nobre, entrou no fim dos dois últimos duelos. O volante uruguaio Sebastián Eguren chegou em boas condições físicas, mas precisa de até 15 dias para ser regularizado. Mesmo assim, só será escalado quando demonstrar bom entendimento do esquema nos jogos-treinos em que será testado.

- Uma coisa que não queremos é estrear jogador sem que esteja adaptado ao nosso tipo de treino e ao sistema. A gente trabalha com intensidade forte, marcação no campo adversário. Precisa adquirir isso nos treinos - concluiu Gilson Kleina.

A situação também era outra para quem voltava de lesão. Se Valdivia tem sido tratado com paciência, Kleber já foi para a fogueira. A receita é ter calma. Até aqui, os resultados estão ajudando.

QUEM FOI PARA A FOGUEIRA NO PRIMEIRO SEMESTRE:

Ayrton
Ficou quatro meses sem jogar pelo Coritiba. Kleina, sem opção, o escalou como titular nos seis primeiros jogos do ano. Não agradou e foi sacado do time quando Weldinho chegou.

Ronny
Estreou contra o Mogi Mirim, em 10 de fevereiro, dois dias após ser apresentado. Foi usado em mais duas partidas, mas não engrenou e ficou oito jogos afastado antes de voltar.

Vilson
Já como titular, estreou contra o Sporting Cristal (PER), em 14 de fevereiro, três dias após ser apresentado – situação idêntica à de Weldinho. Emendou nove partidas seguidas até sentir a coxa direita.

Kleber
Disse que aguentava até 25 minutos, mas jogou todo o segundo tempo contra o Libertad (PAR), em 28 de fevereiro. Completou seis jogos seguidos e sentiu o joelho direito.

QUEM ESTÁ SENDO PRESERVADO AGORA:

Serginho
Chegou do Oeste no fim de abril e só estreou em 4 de junho.

Ananias
Estreou poucos dias após chegar, contra o América-RN, mas nem tem sido relacionado após a parada. Recuperou-se de gripe e agora busca ritmo de jogo. Não há emergência.

Mendieta
Chegou na pausa da Série B e já foi utilizado em dois jogos. Kleina não tem pressa para testá-lo como titular.

Kardec e Felipe Menezes
Só serão relacionados quando estiverem 100% fisicamente.

Tiago Alves
Bem nos jogos-treinos, pode estrear sábado porque Henrique está suspenso.

Ex-lesionados
Valdivia estava apto para retornar antes da pausa, mas foi preservado. Vilson e Patrick Vieira estão sendo reinseridos aos poucos no grupo.

Gilson Kleina e diretoria querem reduzir o elenco do Palmeiras, que hoje conta com mais de 40 jogadores, mas o excesso de opções tem um lado bom: diferente do primeiro semestre, a comissão técnica não precisa ter pressa com os recém-chegados. O meia Felipe Menezes e o atacante Alan Kardec, por exemplo, podem estrear sábado, contra o Figueirense, mas dificilmente começarão jogando e só serão relacionados caso se mostrem em boas condições físicas durante a semana.

- Não queremos só a estreia, mas continuidade - disse Kleina.

Como iniciou o ano com o grupo reduzido, o treinador teve de tomar algumas atitudes emergenciais. O jogo contra o Sporting Cristal (PER), pela primeira fase da Libertadores, é uma prova: Vilson, Weldinho e Marcelo Oliveira nem bem haviam sido apresentados e já estrearam, todos como titulares.

Hoje, o comandante pode se dar ao luxo de aguardar a adaptação de Mendieta para testá-lo como titular. O meia paraguaio, reforço mais caro da gestão Paulo Nobre, entrou no fim dos dois últimos duelos. O volante uruguaio Sebastián Eguren chegou em boas condições físicas, mas precisa de até 15 dias para ser regularizado. Mesmo assim, só será escalado quando demonstrar bom entendimento do esquema nos jogos-treinos em que será testado.

- Uma coisa que não queremos é estrear jogador sem que esteja adaptado ao nosso tipo de treino e ao sistema. A gente trabalha com intensidade forte, marcação no campo adversário. Precisa adquirir isso nos treinos - concluiu Gilson Kleina.

A situação também era outra para quem voltava de lesão. Se Valdivia tem sido tratado com paciência, Kleber já foi para a fogueira. A receita é ter calma. Até aqui, os resultados estão ajudando.

QUEM FOI PARA A FOGUEIRA NO PRIMEIRO SEMESTRE:

Ayrton
Ficou quatro meses sem jogar pelo Coritiba. Kleina, sem opção, o escalou como titular nos seis primeiros jogos do ano. Não agradou e foi sacado do time quando Weldinho chegou.

Ronny
Estreou contra o Mogi Mirim, em 10 de fevereiro, dois dias após ser apresentado. Foi usado em mais duas partidas, mas não engrenou e ficou oito jogos afastado antes de voltar.

Vilson
Já como titular, estreou contra o Sporting Cristal (PER), em 14 de fevereiro, três dias após ser apresentado – situação idêntica à de Weldinho. Emendou nove partidas seguidas até sentir a coxa direita.

Kleber
Disse que aguentava até 25 minutos, mas jogou todo o segundo tempo contra o Libertad (PAR), em 28 de fevereiro. Completou seis jogos seguidos e sentiu o joelho direito.

QUEM ESTÁ SENDO PRESERVADO AGORA:

Serginho
Chegou do Oeste no fim de abril e só estreou em 4 de junho.

Ananias
Estreou poucos dias após chegar, contra o América-RN, mas nem tem sido relacionado após a parada. Recuperou-se de gripe e agora busca ritmo de jogo. Não há emergência.

Mendieta
Chegou na pausa da Série B e já foi utilizado em dois jogos. Kleina não tem pressa para testá-lo como titular.

Kardec e Felipe Menezes
Só serão relacionados quando estiverem 100% fisicamente.

Tiago Alves
Bem nos jogos-treinos, pode estrear sábado porque Henrique está suspenso.

Ex-lesionados
Valdivia estava apto para retornar antes da pausa, mas foi preservado. Vilson e Patrick Vieira estão sendo reinseridos aos poucos no grupo.